Por Esmael Morais

PSOL jura que não sentou no colo dos ‘partidos burgueses’ DEM e PSDB

Publicado em 19/06/2012

PSOL: coligações impossíveis

via Informe JB

Há uma nítida tentativa de queimar o PSOL nas próximas eleições. Em Resende, sul do estado do Rio, divulgaram uma suposta aliança com PSDB, DEM e PP para as próximas eleições municipais. A notícia circulou em jornais locais e acabou reproduzida aqui no Informe JB.

A indignação dos militantes foi imediata. Para culminar, no domingo (17), ao aprovar a orientação para as coligações, a direção do partido proibiu qualquer aproximação com PSDB, DEM, PMDB, PTB, PR e PP.

Mais incrível ainda é que o PSOL, na verdade, não existe na cidade, como destaca Marcos Paulo Alves, diretor estadual do PSOL-RJ:

Estão usando o nome do partido indevidamente. Não existe essa possibilidade. Não tendo diretório municipal ou mesmo comissão provisória, como é o caso, é impossível haver alianças oficiais ou mesmo que alguém se lance candidato pelo PSOL na cidade. De repente, pode haver algum filiado do partido, que não se identifica com nossa ideologia partidária, ter dito que apoia A ou B. Mas não existiu nenhuma deliberação do partido, em nenhum nível, sobre apoio formal à  situação em Resende!, esclarece.