PSOL fecha aliança inusitada com DEM e PSDB em Resende (RJ)

via portal Terra

O PSOL costuma adotar como linha de atuação uma rigorosa análise de suas lideranças partidárias, o que se refletiu, por exemplo, na ausência de uma coligação em torno da candidatura de Marcelo Freixo para a Prefeitura do Rio de Janeiro. Mas até o partido, considerado radical nas suas escolhas eleitorais, acaba deixando isso de lado em troca de votos em algumas oportunidades.

à‰ o caso da disputa em Resende, no interior do estado do Rio. Nesta semana, os psolistas acertaram o apoio à  chapa do atual prefeito, José Rechuan (PP), que já contava com o apoio de DEM e PSDB. Com isso, socialistas e tucanos dividirão o mesmo palanque.

Se não bastasse isso, o PSOL ainda faz parte de um bloco inusitado nas eleições proporcionais (para vereadores): juntou forças com PRTB, PSC e PCdoB.

Este último, aliás, frequentemente é alvo de fortes críticas dos psolistas no âmbito nacional, especialmente por conta do escândalo envolvendo o ex-ministro dos Esportes, Orlando Silva.

13 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Prezado Esmael Morais, depois do esclarecimento feito pelo PSOL não caberia uma nota em seu blog retificando esta informação?

  2. VIVA U SOCIALISMU UAI!!

  3. PSOL: coligações impossíveis

    Há uma nítida tentativa de queimar o PSOL nas próximas eleições. Em Resende, sul do estado do Rio, divulgaram uma suposta aliança com PSDB, DEM e PP para as próximas eleições municipais. A notícia circulou em jornais locais e acabou reproduzida aqui no Informe JB.

    A indignação dos militantes foi imediata. Para culminar, no domingo (17), ao aprovar a orientação para as coligações, a direção do partido proibiu qualquer aproximação com PSDB, DEM, PMDB, PTB, PR e PP.

    Mais incrível ainda é que o PSOL, na verdade, não existe na cidade, como destaca Marcos Paulo Alves, diretor estadual do PSOL-RJ:

    “Estão usando o nome do partido indevidamente. Não existe essa possibilidade. Não tendo diretório municipal ou mesmo comissão provisória, como é o caso, é impossível haver alianças oficiais ou mesmo que alguém se lance candidato pelo PSOL na cidade. De repente, pode haver algum filiado do partido, que não se identifica com nossa ideologia partidária, ter dito que apoia A ou B. Mas não existiu nenhuma deliberação do partido, em nenhum nível, sobre apoio formal à situação em Resende”, esclarece.

    __._,_.___

  4. A matéria é falsa, o Jornal do Brasil que publicou esse texto inicialmente , ja publicou a retratação: http://www.jb.com.br/informe-jb/noticias/2012/06/18/psol-coligacoes-impossiveis/

  5. RIDICULO
    esse site onde nao checa as informações que publica.

    isso é uma grande mentira o PSOL veta qualquer aproximação com esse tipo de partido.
    e povo, nem diretório municipal em Resende o PSOL tem, como é possivel essa aliança?

  6. O PSOL tinha comentado no texto das 17 h 47m. postado pelo Esmael que iria provavelmente me filiar com voces mais desta maneira não da, KCTada estou ficando num mato sem cachorro.

  7. O novo instrumento (PSOL) que constituimos foi para permanecermos caminhando rumo à nova sociedade (SOCIALISTA) que tanto necessitamos. Não cabe esta mistura porca e imunda. Se fosse para nos misturarmos tão imundamente, que ficassemos como dantes. QUE VERGONHA”

  8. É todo mundo do PMC – Partido do Me Convém! Ô gente feia!

  9. Esta matéria está totalmente equivocada, o PSOL faz alianças somente com partidos de esquerda (PCB e PSTU).

    ATENCIOSAMENTE.

    Ramses A. W. Abreu
    Pré-candidato à Prefeitura de Colombo-Pr

  10. A Direção Estadual do PSOL-RJ barrou isso. Não podem ser feitas tais alianças conforme a deliberação do ultimo congresso nacional do PSOL.

  11. virou o samba do criolo doido, o psol junto com o dem e psdb.