Presidente do STF classifica de grave as ameaças a juiz do caso Cachoeira

da Folha.com

Ministro Ayres Britto.

O presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, ministro Ayres Britto, classificou nesta terça-feira (19) como de “gravidade qualificada” o caso do juiz Paulo Augusto Moreira Lima que deixou a ação que investiga o empresário Carlinhos Cachoeira.

Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, o juiz pediu para sair do caso afirmando ter recebido ameaças contra ele e sua família.

“à‰ um caso de gravidade incomum. Na linguagem jurídica, de gravidade qualificada. Não se pode ameaçar, do ponto de vista da integridade física e nem moral ou psicológica, nenhum julgador. Muito menos o julgador e sua família”, disse Ayres Brito.

O presidente do Supremo afirmou que a corregedora-geral do CNJ, Eliana Calmon, está analisando o caso.

O líder do PPS na Câmara dos Deputados, Rubens Bueno (PR), também afirmou que vai pedir na CPI do Cachoeira para que o juiz seja ouvido na comissão.

“Os integrantes da quadrilha são pessoas extremamente perigosas e com um poderio econômico enorme. Não é à  toa que muitos dos seus integrantes estão presos preventivamente até hoje. E olha que teve juiz que quis soltar o Carlinhos Cachoeira, que é o chefe da quadrilha”, disse o deputado.

Moreira Lima era substituto da 11!ª Vara Federal em Goiás, onde foi responsável pelas escutas telefônicas da Operação Monte Carlo e pela prisão de Cachoeira, em fevereiro.

O juiz foi transferido para a 12!ª Vara Federal em Goiás. O pedido de afastamento foi feito pelo Moreira Lima à  Corregedoria do Tribunal Regional Federal da 1!ª Região (Brasília) no dia 13 de junho.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Pelo jeito tem muito mais linguiça debaixo da farofa…

  2. O brasil vive hoje o que a italia viveu os anos 70 e 80.O tempo que ajustiça perde se preocupando com picuinhas ,e politicos burros .o pior esta vindo a galope…parabens ao presidente do stf.então e mais um motivo para não soltar o cara. quantos brasil existe ?se diante da lei todos teem o mesmo direito,mas teem uns que tem mais direito que os outros!isso esta certo?

  3. Da uma olhada no site http://www.justicadopovo.com.br e vejam a reportagem do deputado Evandro Junior , sensacinal