Prefeitura de Curitiba “perde” R$ 56 milhões na renovação de contrato com o Santander, denuncia Feltrin

Feltrin questiona contrato com Santander.

O advogado Edson Feltrin, presidente da Federação das Associações de Moradores de Curitiba (Femotiba), protocolou nesta quinta-feira (21) um pedido de informações sobre o contrato entre a prefeitura da capital e o banco espanhol Santander.

O Santander atende as contas prefeitura há cinco anos depois que desembolsou, em 2007, um valor de R$ 141 milhões. O contrato vence no próximo dia 30 de junho.

Cinco anos depois, segundo denúncia de Feltrin, a prefeitura estaria renovando o contrato por apenas R$ 85 milhões, ou seja, uma redução de R$ 56 milhões.

Vamos aos questionamentos do presidente da Femotiba:

1- Qual a razão da prefeitura renovar o contrato, sem o devido processo licitatório?

2- Por que o valor da renovação não foi reajustado para cima, ao invés de ser reajustado por um valor muito aquém de cinco anos atrás?

3- Quais as justificativas que a prefeitura tem a dar à  opinião publica?

4- Por que a prefeitura não segue o rito normal de outras repartições públicas, que licitam suas contas, somente em bancos estatais?

5- Como explicar essa diferença ?

7 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. I simply want to say I am newbie to blogging and site-building and absolutely liked you’re web blog. Very likely I’m going to bookmark your website . You amazingly have very good writings. Thanks for sharing your web-site.

  2. Antes guentar o Feltrin do que essa mafia do Prefeito junto com o Derosso que seria seu Vice… Chupa!!!

  3. se o fruet ganhar nóis vai ter que aguentar este freltin, deus me livre

  4. E nos postos de saúde não tem um aparelho de Raios X que custa R$ 3.500,00…

  5. Grande Feltrin!

    A sua atuação na cidade como defensor da boa política e da transparência pública, a sua luta contra a corrupção é muito importante.
    Estamos contigo nessa caminhada, parabéns!

  6. Uma explicação provável quiçá, talvez, quem sabe, poderia ser que estamos em um ano eleitoral e todas as doações para a tal campanha são bem-vindas.
    Principalmente se essas doações estiverem devidamente declaradas junto ao TRE.
    Ou quem sabe, houve deflação junto aos bancos e nós não tenhamos nos dado conta, assim como por exemplo; queda nas taxas praticadas pelos bancos, isenções tarifárias e etc…
    Mas, de fato, quem pode muito bem nos elucidar isso é o Sr. prefeito. Vamos nessa Sr. Feltrin, que o povo curitibano lhe apoia.

  7. Esse Feltrin é algo de impressionante…. Se tem algum mérito… é nao ter a menor vergonha de assumir sua estupidez.