Paraná tem queda de 7% na produção industrial, diz IBGE

Pesquisa mensal do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que a produção industrial no Paraná teve queda de 7% entre os meses de março e abril.

A retração eliminou o avanço de 7,3% registrado no mês anterior.

Por outro lado, Pará (4,3%) e Santa Catarina (0,3%) assinalaram os dois resultados positivos em abril.

No acumulado do primeiro quadrimestre de 2012, no entanto, o Paraná apresenta avanço de 6,2%.

A que se deve atribuir a queda na produção industrial paranaense? à€ crise econômica mundial? Em parte.

A retração captada pelo IBGE tem mais a ver com o crescente processo de desindustrialização que vem reclamando há algum tempo a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

A aposta do Paraná no polo automotivo a partir dos anos 90 tem relação direta com os números negativos da produção industrial, pois não houve diversificação da indústria e muito menos o aproveitamento das características agrícolas do estado. Ou seja, faltou uma política para transformação das commodities em produtos manufaturados.

A pergunta que não calar é: o governo do Paraná seguirá o exemplo da presidenta Dilma e lançará um pacote de incentivos ao setor produtivo? Cortará impostos para fomentar a indústria nativa? Com a palavra Beto Richa (PSDB).

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Se aumenta o Beto Richa é quem fez crescer, se baixar, a Dilma é a culpada…