Médicos devem paralisar atividades na próxima terça-feira

da Agência Brasil

Médicos servidores públicos federais pretendem paralisar as atividades na próxima terça-feira (12) em protesto contra a Medida Provisória (MP) n!º 568, de 2012, que trata da remuneração e da jornada de trabalho de profissionais de saúde.

De acordo com a Federação Nacional dos Médicos (Fenam), o texto prevê que profissionais que atualmente mantêm jornada de 20 horas semanais no serviço público, ao ingressar na carreira, tenham que cumprir 40 horas semanais e receber o mesmo valor !“ uma redução de 50% na remuneração.

A medida é considerada pelo presidente da entidade, Cid Carvalhaes, como um enorme retrocesso em um país já tão castigado pela carência do Sistema Único de Saúde [SUS] e pela desvalorização dos profissionais de medicina!, informou a Fenam.

Também na próxima terça-feira, a Comissão Mista do Congresso Nacional deve votar a admissibilidade da MP 568. O objetivo da categoria é, por meio da paralisação, pressionar o Parlamento e abrir caminho para a primeira greve geral de médicos servidores federais no país.

As entidades médicas compreendem que a MP traz a determinados setores do funcionalismo avanços importantes, que devem ser mantidos e até ampliados. Entretanto, particularmente nos artigos 42 e 47, prejudica os atuais e futuros servidores médicos, dobrando jornadas sem acréscimo de vencimentos, reduzindo a remuneração em até metade e cortando valores de insalubridade e periculosidade. As perdas atingem, inclusive, aposentados (e pensionistas), que tanto já se dedicaram ao serviço público, enfrentando baixos salários e condições de trabalho adversas!, concluiu a Fenam.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Muitos se formaram às custas do dinheiro público.
    Ir para o interior pobre e carente? Jamais…
    Não são os médicos que estão ganhando pouco. São os policiais, juízes, desembargadores, funcionários de estatais e outros gigolôs é que estão ganhando demais.

  2. qualquer trabalhador que trabalhe além da sua jornada perde a qualidade do do seu trabalho, e se tratando de saúde quem perde somos nós pacientes.

  3. se um deputado ganha um rio de dinheiro e não salva nem uma vida!eu acho que o medico deveria ganhar igual um juiz de direito.um magistrado de primeira estancia .se um conselheiro do tribunal de contas ganha ,então por que não pagar mais para o medico e enfermeiras ,voceis da saude tem meu respeito e admiração.voceis me respeitam então tenho obrigação de levantar a voz ,em pról a causa de voceis agentes da saude. greve mesmo o povão tem que entender ,ja não tem atendimento mesmo,então esperar e dar apoio as pessoas da saude isso e pra quem xemtender…