Governo libera crédito de R$ 20 bilhões para investimentos em infraestrutura nos estados

via Blog do Planalto

A presidenta Dilma Rousseff recebe em audiência o governador do Paraná, Beto Richa, no Palácio do Planalto. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou hoje (15) a liberação de R$ 20 bilhões para investimentos em infraestrutura nos estados. Os recursos fazem parte de uma linha de crédito do BNDES chamada Pró-Investe, com financiamento de 20 anos, um ano de carência e taxa de juros que vai de 7,1% a 8,1% ao ano. O anúncio foi feito após reunião entre a presidenta Dilma Rousseff e governadores no Palácio do Planalto.

Estabelecemos um conjunto de medidas para potencializar os investimentos nos estados. Os estados brasileiros já estão fazendo investimentos, já têm programas de investimento em curso e as medidas que nós anunciamos hoje vão ampliar essa capacidade de investimento dos estados. São medidas importantes que vão ampliar o investimento neste momento em que a economia mundial atravessa um momento de crise!, disse Mantega.

O ministro anunciou ainda a redução de tributos incidentes nas Parcerias Público-Privadas (PPPs) !“ parceria que União e estados fazem com o setor privado para investimentos !“ e a ampliação de 3% para 5% da receita corrente líquida que cada estado poderia comprometer com estas operações. Ele também disse que o governo abriu uma nova temporada do Programa de Ajuste Fiscal (PAF) para ampliar a capacidade de investimento dos estados e viabilizar projetos de médio e longo prazo.

Segundo Mantega, as medidas anunciadas fazem parte de uma ação anti-cíclica para diminuir a exposição do Brasil à  crise econômica internacional.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Dilma, ensine como governar a esse vendilhão tucano.

  2. Observando com mais atenção a foto da Presidenta Dilma e o nosso Governador Richa, no semblante do Sr. Governador há algo bem mais profundo, bem dentro do íntimo dele e que demonstra até um “mea culpa” : “- ao lado da D. Dilma eu me sinto tão bem, tão seguro (como ao lado da minha mãe); imagine eu ao lado do Serra Bolinha de Papel com aquela cara de gente raivosa, cheio de lorotas e mais, naturalmente estaria agora me intimando a ACELERAR A VENDA DA COPEL, USINA DE ITAIPÚ, SANEPAR E, QUEM SABE, ATÉ O PALÁCIO DO GOVERNO, ufa!”. Pois é, Governador, bom para o Sr. na qualidade de nosso lídimo representante e para todos nós, enquanto POVO !. Veja do que nos livramos !!!.