Ducci quer distância de Requião

Ducci quer distância da suposta rejeição de Requião.

A insistência do arqueiro Doático Santos, secretário-geral do PMDB de Curitiba, que agora luta na Justiça para invalidar a pré-candidatura de Rafael Greca, é uma prova inequívoca de que os estrategistas do prefeito Luciano Ducci, do PSB, o querem mais longe possível do senador Roberto Requião.

Na prática, ao time de Ducci interessa apenas o PMDB cartorial, ou seja, o tempo de tevê e nada mais. Em troca disso, até lhe oferece a vaga de vice na chapa.

O staff do prefeito tem em mãos pesquisas que apontam altíssima rejeição de Requião na capital. Talvez seja por isso que Ducci faz ouvidos moucos para os recados dos requianistas.

“Se seus arqueiros continuarem atirando contra a candidatura de Greca, ele [Ducci] pode tirar o ‘cavalo da chuva’ porque não terá o apoio peemedebista num eventual segundo turno”. Eis o teor do recado em tom de ameaça.

Resumo da ópera: O arqueiro Doático, Stephanes e companhia pró-Ducci deverão ir até as últimas consequências contra a candidatura própria no PMDB. O segundo turno, ora, o segundo turno não interessa ao prefeito. O partido tem um “preço” agora, já na primeira etapa. Depois…

Comentários encerrados.