Dilma quer acabar com aluguel de horário na TV

da Folha

Reprodução.

O governo federal prepara um pacote de medidas para fechar brechas da legislação de rádio e TV que permitiram o surgimento de um “mercado paralelo” ligado à s concessões no país.

A Folha teve acesso à  última versão da minuta do decreto, que foi batizado pelo setor de “novo marco regulatório da radiodifusão”.

Uma das mudanças de maior impacto é a proibição expressa do aluguel de canais e de horários da programação de rádio e TV.

A lei atual não proíbe a prática de forma explícita, o que permitiu o aumento de programas religiosos e exclusivamente comerciais, principais clientes desses horários.

No fim de 2011, a Igreja Internacional da Graça de Deus, do missionário R.R. Soares, por exemplo, alugava duas horas e cinco minutos semanais na Bandeirantes.

Na Rede TV!, o apóstolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, comprava cerca de dez horas e meia semanais. A rede de farmácias Ultrafarma ocupava quatro horas e meia com propagandas.

Na TV Gazeta, o Polishop detinha dez horas semanais para anunciar seus produtos.

Os dados são do mais recente levantamento do Intervozes, organização que monitora a programação no país. Segundo a entidade, poucas são as emissoras que não entraram nesse negócio. Globo e SBT estão entre elas.

A Record é um caso isolado porque seu fundador, Edir Macedo, também é o responsável pela Igreja Universal do Reino de Deus.

Segundo o Intervozes, a Record diz não ceder seu espaço a terceiros, mas não explica se paga pelos programas religiosos veiculados, uma forma de se enquadrar à  legislação. Na TV Gazeta, são 26 horas semanais destinadas aos cultos da igreja.

INVERSàƒO

O Ministério das Comunicações não quis comentar as mudanças e informou que o “novo marco” ainda será colocado em consulta pública.

Caso o decreto seja sancionado como está, obrigará as emissoras a comprar os programas produzidos por terceiros -ao invés de receber pelo aluguel, como hoje.

Consultadas, as principais redes não se pronunciaram.

Apesar dos avanços, o governo não define os mecanismos que serão criados para fiscalizar a prática de eventuais irregularidades.

CONTRAPARTIDA

Ao acabar com o “mercado paralelo”, o governo cortará uma importante fonte de receita, mas, em troca, permitirá que as emissoras prestem serviços de dados -atividade restrita à s empresas de telecomunicações.

Hoje, as emissoras só podem fazer caixa com a venda de espaço publicitário -que pode ocupar, no máximo, 25% da programação.

Ao permitir a comercialização do serviço de dados, o governo sinaliza para a expansão da TV digital no país e do sistema de interatividade que conecta a TV à  internet.

Esse serviço permitirá ao telespectador comprar produtos anunciados durante a programação clicando diretamente na TV. à‰ essa conexão que poderá ser cobrada.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O Valdemiro Santiago pôs o Ratinho pra correr…

    O apresentador tentou peitar o religioso…

  2. Eu sou evangeléco ,eu aprovo essa nova lei ,porque é uma vergonha esses programas evangelicos!Os pastores não pregam o Verdadeiro Eterno ,mas um jeová que não tem nada a ver com O Verdadeiro Deus!Smente pedem dinheiro ,essas obras que vejo na tv não me surprende em nada.Porque O proprio Jesus Christo,disse que a besta tem poder de fazer milagres tambem.No ultimo Dia que não teremos outro igual.Muitos baterão as portas Reino de Deus,e dirão Senhor ,Nos espulsamos Demonios em teu nome ,curamos enfermos ,Mas Jesus dirá Eu vos não conheço!Então o Evangelio virou negocio.Está precisando Jesus novamente surrar os vendilhões do templo.Temos duas classes os evangelicos ,e os que seguem a sã doutrina da Biblia!Muitos curam e espulsa Demonios ,mas as obras deles são más.Por isso que temos Pastor na capa de jornais ,Bispos fazendeiros ,Os verdadeiros crentes não se preocupam com essas coisas,é mister acontecer.Isso está previsto na biblia ,A Biblia não mente porque ela tem A mente Divina….Então essas pessoas que se diz evangelicos ,e estão preocupados com essas coisas ,é porque suas obras são vãs.Não estão apreparados para O Arrebatamento dos Salvos!Vamos olhar isso pelo lado positivo,então Jesus apressará sua volta ,quem estiver apreparado irá ,os que não estiver se concertem com Deus e Sua Palavra ,Que no pricipio era O Verbo!É uma alerta para os verdadeiros crentes ,fanatismo não salva ninguem..

  3. A Dilma esta sentada em cima de um barril de pólvora fumando , mexer com o evangélico é dar um tiro no pé, por sejam falsos pastores e só querem a grana dos fiéis essa gente é formadora de opinião e de votos.

    • ONTEM DOMINGO , ME CHAMOU Á ATENÇÃO AO PASSAR OS CANAIS ESCOLHENDO UM FILME , UM PASTOR BERRAVA AO VIVO..MOSTRANDO OS BOLETOS BANCÁRIOS,,DIZENDO QUE QUEM NÃO AJUDAR Á PAGAR O SEU PROGRAMA DE TV..IRÁ PARA O FUNDO DO INFERNO?????? Á TENHA SANTA PACIENCIA SENHORES;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;; TUDO TEM LIMITE NÉEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

  4. Tem é que acabar,também,com os políticos se autopromovendo os quatro anos de seus mandatos em programas sensacionalistas.
    Ou o cara é deputado/vereador,ou é apresentador.
    Usar uma concessão pública para levar vantagem sobre outros candidatos a cargos eletivos deveria ser terminantemente proibido,da mesma forma que estão querendo proibir a postorzada de comprar tempo na tv.
    Tenho dito!!!