Caos na Educação: Professores pressionam governo do PR e já falam em greve por tempo indeterminado

Professores e educadores debatem greve nas redes sociais.

Professores e educadores da rede pública de ensino do Paraná não andam nada satisfeitos com o desempenho do vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), à  frente da pasta. Pelo menos nas redes sociais, a categoria já fala em greve por tempo indeterminado por causa de compromissos não honrados pelo governo.

Por outro lado, a APP-Sindicato prefere esgotar as negociações antes de admitir a possibilidade de greve. A entidade acredita que poderá obter conquistas pressionando Arns em reuniões bilaterais, embora também tenha reclamado do “tombo” levado do secretário da Educação — que não cumpriu os acordos firmados.

Na próxima quinta-feira (28), enquanto o governador Beto Richa (PSDB) estará retornando de Nova Iorque, onde participará na semana que vem de evento em homenagem à  Copel na bolsa de valores, Arns, no exercício do governo, voltará à  mesa com a direção da APP-Sindicato.

Em um grupo de discussão no Facebook, do qual participam 6 mil educadores, parte da categoria reclama de um calote levado e por isso pede ao sindicato a realização de uma greve visando pressionar o governo para que cumpra os compromissos assumidos. Setores ligados à  direção da APP rebatem essa possibilidade: Greve não se pede, se constrói!.

De acordo com a APP-Sindicato, a pauta com Flávio Arns na próxima quinta-feira será longa. Confira:

1- Demais parcelas referentes ao Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério e proposta de pagamento do retroativo;

2- Funcionários de escolas: nomeações, reajuste e Plano de Carreira;

3- Concursos Públicos;

4- Cargo de 40 horas – considerando os 33% de hora-atividade;
Faltas referentes à  mobilização;

5- Liberação Sindical;

6- PDE – Turma 2009 – Promoções e Progressões – Total de 8.500 promoções em atraso em 2012. Progressão dos Funcionários (QFEB) em agosto e dos Professores em outubro;

7- Liberação para mestrado;

8- Reajuste da gratificação de diretores – Plano de Carreira dos Professores;

9- Turma PDE para 2013;

10- Contribuição Previdenciária sobre as gratificações dos funcionários da educação;

11- Hora-aula para os professores da educação especial.

Leia também:

Pelas redes sociais, professores pedem greve à  direção da APP-Sindicato

Caos na Educação: No site oficial, SEED orienta escola de Palmeira fazer “gambiarra” em laboratório de informática

Segundo a APP-Sindicato, Flávio Arns deu calote nos professores

SEED lança brigada contra incêndio nas escolas, mas sem extintores

Caos na Educação: Documento da SEED ensina diretores enganar o MEC

Reajuste na gratificação de diretores de escolas fica só na promessa

Flávio Arns promete a professores hora-atividade para janeiro de 2013

Mais uma vez, prefeitos se reúnem hoje com Flávio Arns para discutir transporte escolar

Palácio torce para que Flávio Arns deixe a Secretaria da Educação

Caos na Educação: Prefeitos cogitam pedir ao governador a cabeça do secretário Flávio Arns

Caos na Educação: Calote do governo do PR pode levar prefeituras a suspender transporte escolar

Casas Bahia!: Governo do PR propõe parcelar reajuste e hora-atividade aos professores

Richa anuncia reajuste para diretores de escola; já os professores!¦

As reclamações no setor de educação estão aumentando!, diz deputado Duglas Fabrício

Comentários encerrados.