Caos na Educação: No site oficial, SEED orienta escola de Palmeira fazer “gambiarra” em laboratório de informática

Clique na imagem para ampliar (reprodução).

Clique na imagem para ampliar (reprodução).

Uma coisa precisa ser elogiada na Secretaria de Estado da Educação (SEED): a transparência. Não sei se é voluntária ou involuntária, mas, de certa forma, o órgão tem levado a cabo a Lei do Acesso à  Informação.

Essa, caro leitor, ocorreu no Colégio Estadual Fritz Kliewer, localizado na Colônia Witmarsum, em Palmeira, região dos Campos Gerais. A fonte da informação é o Núcleo Regional de Educação (NRE) de Ponta Grossa !“ um dos braços da SEED espalhados pelo Paraná.

Pois bem, um raio caiu no laboratório do colégio palmeirense e danificou os servidores do Paraná Digital. De acordo com o NRE pontagrossense, cinco servidores sofreram avarias com o sinistro natural. Até aí, nada de mais.

Mas, é agora que a porca começa a torcer o rabo. O NRE documenta em seu site que as escolas estão fazendo uma “gambiarra” básica para que os computadores funcionem. Produz provas de que o programa Paraná Digital foi abandonado pelo governo Beto Richa (PSDB).

Na semana passada, o blog mostrou que a SEED também documentou, passo a passo, como os diretores de escolas deveriam fazer para enganar o Ministério da Educação (MEC) acerca do Proinfo. Um escândalo.

Na verdade, as “gambiarras” autorizadas e ‘provadas’ pela própria SEED são evidências concretas de que a crise de gestão na pasta não tem cura. Em tudo que gestores metem a mão há um toque de esperteza!.

A pedido deste blog, o professor Antonio Carlos Conceição Marques, do Colégio Estadual Leôncio Correia, mestre em Tecnologia e Educação, analisou os documentos publicados pela SEED em seu site oficial:

Cada escola tem um servidor de rede. Esse servidor distribui os sistemas para os computadores que estão nas secretarias e nos laboratórios de informática nas escolas. Como o sistema do Paraná Digital é de uma rede homogênea, para que simplifique as coisas, as escolas deveriam ter dois modelos de servidores. O fato é que a atual gestão não está procurando atualizar esses servidores e nem têm os computadores para reposição em caso de sinistro. E, além disso, esses computadores descritos pelo NRE de Ponta Grossa não têm características de servidores, ou seja, trata-se de uma verdadeira gambiarra. No quesito informática, o governo do estado abandonou as escolas à  própria sorte, literalmente!.

As provas produzidas pela SEED contra a própria SEED são contundentes. São pratos cheios para a oposição a Richa. E ela [a oposição] já se diverte com mais essa trapalhada: “Vai ser sincero lá na… Fazenda Rio Grande”.

9 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Gostaria de saber o número do processo que os professores de Apucarana moveram contra o estado. Vamos fazer o mesmo, e é interessante citar esta conquista na nossa petição.
    Att.

    Marilene

  2. Sr Esmael, isso é intriga da oposição. Conheço escolas que os laboratórios estão em perfeito funcionamento e no ano passado o Governo Richa disponibilizou dinheiro para eventuais consertos dos computadores ou outros problemas do Paraná Digital. Isso depende muito da vontade política dos diretores. Você sabe, existem diretores e diretores né.
    Eu não era a favor desse governo, mas tenho que admitir que está fazendo um ótimo trabalho, tem levado mais a sério a educação. O que está acontecendo, é que tem gente que gosta de ir levando as coisas… e estão observando que com esse governo, o “negócio é mais embaixo”, é só apertar um pouquinho mais, é só haver mais cobranças, que pronto, nada presta. Sem contar o pessoal do “quanto pior melhor”.
    Esmael, peço por favor que publique meu comentário, quero ver se esse espaço é democrático como falam, ou se só publica o que convém a alguns…

    • Por favor, cite uma, apenas UMA coisa boa que esse governo fez para a educação??? Dizer que chamou os concursados, que já estava tudo documentado para isso acontecer? A tá…o “glorioso” aumento dos professores, é verdade, esse governo ta fazendo MUUUIIITTTOOO pela educação!!!!

  3. Corrigindo, onde se lê Mais Educação, leia-se Proinfo. Enganei-me na nomeclatura. Por falar nisso, o programa Mais Educação do Colégio Avelino Antonio Vieira vem funcionando muito bem, graças a Deus. Aproximadamente 100 alunos utilizam-se desse projeto maravilhoso de contraturno. Para apoiar, elogiar, as coisas boas que são feitas, não há esse apetite demonstrado quando se critica, sem procurar conhecer melhor as coisas. Era o que tinha a falar.

  4. Sinto desapontá-los, mas os dois programas, Paraná Digital e Mais Educação, funcionam perfeitamente no Colégio Avelino Antonio Vieira. A SEED também tem feito um bom trabalho lá. Faço parte da APMF e do Conselho Escolar daquele colégio. Garanto-lhes que nunca em tempo algum fomos tão bem amparados e auxiliados como temos sido no Governo do Beto Richa. E olha, todos sabem que sempre fiz oposição ferrenha ao Beto Richa, mas não posso ser injusto e calar-me diante de algumas aberração que são ditas na mídia. Se duvidam daquilo que eu falo, vão ao colégio e verifiquem com os próprios olhos. A direção do colégio fez o que tinha que fazer, e os dois laboratórios estão funcionando bem, perfeitamente interligados. Sinto desapontá-los, mas a SEED tem feito um bom trabalho, essa é a minha opinião, bem como a dos meus pares de APMF e Conselho Escolar.

    • Entendo, mas como vc mesmo disse, “a direção” vem fazendo esse trabalho. O que está sendo colocado na notícia são a falta de importância que a SEED entá dandonos programas criados pelos governos anteriores. Tenha a necessidade de trocar uma peça ou uma máquina ae em seu laboratório para ver se vai ser fácil!!! Isso é geral no Estado, pode ser que a direção dessa escola seja cupixa do beto ou do arns, dae pode ser mesmo que consiga, com “auxílios políticos” ou “politicagem”!!!!

  5. Esmael

    E ainda falam Mal do Mauricio Requião!
    Na verdade Mauricio foi Excelente perto desse tal Flavio Arns!