15 de junho de 2012
por esmael
2 Comentários

TJ reafirma que Beti Pavin não pode disputar a prefeitura de Colombo

Fac-símile. Clique na imagem para acessar na íntegra (PDF).

A luta da ex-prefeita e ex-deputada Beti Pavin, do PSDB, para voltar à  prefeitura de Colombo, na região metropolitana, parece ter chegado ao fim nesta semana. O último round ocorreu no Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), onde a tucana tentou anular uma decisão da juíza Letícia Zétola Portes que a manteve na lista de inelegíveis do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Leia mais

15 de junho de 2012
por esmael
Comentários desativados em Velha mídia comemora habeas corpus para Carlinhos Cachoeira, que segue preso

Velha mídia comemora habeas corpus para Carlinhos Cachoeira, que segue preso

Carlinhos Cachoeira.

A velha mídia solta rojões nesta sexta-feira (15) com a decisão do juiz federal Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1!ª Região (TRF1), que estendeu os efeitos de um habeas corpus ao bicheiro Carlinhos Cachoeira relativo à  Operação Monte Carlo, da Polícia Federal. Mas o bicheiro não será solto, pois ele ainda cumpre um mandado de prisão expedido em decorrência da Operação Saint Michel. Leia mais

15 de junho de 2012
por esmael
1 Comentário

Veja essa: Internet supera jornais e já é a segunda mídia no Brasil

via IDGNow/Uol

De acordo com o estudo “Indicadores de Mercado”, elaborado pelo Interactive Advertising Bureau (IAB Brasil), a Internet superou os jornais e já é a segunda mídia no Brasil (atrás apenas da TV aberta), alcançando 12% do total (display+search).

Os dados são referentes aos três primeiros meses de 2012 e mostram que a Internet faturou mais de 840 milhões de reais, sendo 512 milhões em search (sites de busca) e 330 milhões em display (banners em site). Em 2011, esses números foram, respectivamente, de 1,88 bilhão de reais e 1,45 bilhão.

Segundo Ari Meneghini, diretor executivo do IAB Brasil, a Internet já é o meio mais utilizado pelos anunciantes, ficando atrás somente da TV aberta.

A mídia digital está mostrando seu potencial e se consolidando como uma das alternativas mais lucrativas para as empresas anunciarem seus produtos e serviços. O IAB estimou que o mercado brasileiro fechará o ano com participação de 13,7% e este desempenho no primeiro trimestre só confirma a nossa projeção!, completa.

De acordo com a pesquisa, a Internet tem 60% de penetração nas regiões metropolitanas do Brasil. O IAB diz que, em todos os países onde esse índice superou os 40%, os anunciantes migraram para a mídia digital.

Nos países desenvolvidos, a mídia online responde por 20% do mercado publicitário, em média. Na Inglaterra, ela chega a quase 32% do total.

Inter-Meios

De acordo com dados do Projeto Inter-Meios, a mídia internet está atrás apenas de Revista (360 milhões), Jornal (777 milhões) e TV Aberta (4,26 bilhões).

No entanto, o Inter-Meios não considera o mercado de search.

A diferença entre Internet e Revistas, no entanto, caiu de 93 milhões de reais no primeiro trimestre de 2011 para 30 milhões este ano.

15 de junho de 2012
por esmael
10 Comentários

Rede Massa entrevista pré-candidatos a prefeito a partir de segunda-feira

Uma série de entrevistas com pré-candidatos à  Prefeitura de Curitiba, promovida pela Rede Massa, marcará na próxima semana a largada para a sucessão na capital. Representantes de seis partidos com representação no Congresso Nacional serão sabatinados pelos comentaristas do Jornal da Massa, à s 7h, a partir de segunda-feira (18). Estão confirmadas as presenças de Luciano Ducci (PSB), Gustavo Fruet (PDT), Rafael Greca (PMDB), Ratinho Junior (PSC), Renata Bueno (PPS) e Bruno Meirinho (PSOL).

As entrevistas terão 13 minutos de duração e serão rigorosamente cronometradas, embora esta ainda não seja uma exigência da legislação eleitoral. A ordem de participação foi definida em sorteio com assessores dos pré-candidatos e o primeiro a participar, abrindo a série de entrevistas, será Bruno Meirinho. Na sequência, virão Renata Bueno (terça-feira, 19), Ratinho Junior (quarta-feira, 20), Rafael Greca (quinta-feira, 21) , Gustavo Fruet (sexta-feira, 22) e Luciano Ducci (segunda-feira, 25).

Os entrevistadores serão o âncora do Jornal da Massa, Denian Couto, e os comentaristas Paulo Martins, Ruth Bolognese e Ogier Buchi. “Vamos fazer as perguntas que o eleitor gostaria de fazer. Vamos tratar de pontos importantes para Curitiba com uma abordagem jornalística e tom crítico, abrangendo a visão da cidade e questões programáticas e políticas”, afirma o âncora Denian Couto. Os telespectadores poderão participar enviando perguntas pelo Twitter do Jornal da Massa (@jornaldamassa).

Além de Curitiba, a Rede Massa também promoverá a série de entrevistas na próxima semana com candidatos a prefeito em quatro cidades do interior: Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu e Apucarana. Durante o processo eleitoral, a Rede Massa dará continuidade à  cobertura das eleições nas maiores cidades do Estado com debates e novas rodadas de entrevistas envolvendo candidatos de partidos com representação no Congresso Nacional.

15 de junho de 2012
por esmael
3 Comentários

Governo libera crédito de R$ 20 bilhões para investimentos em infraestrutura nos estados

via Blog do Planalto

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou hoje (15) a liberação de R$ 20 bilhões para investimentos em infraestrutura nos estados. Os recursos fazem parte de uma linha de crédito do BNDES chamada Pró-Investe, com financiamento de 20 anos, um ano de carência e taxa de juros que vai de 7,1% a 8,1% ao ano. O anúncio foi feito após reunião entre a presidenta Dilma Rousseff e governadores no Palácio do Planalto.

Estabelecemos um conjunto de medidas para potencializar os investimentos nos estados. Os estados brasileiros já estão fazendo investimentos, já têm programas de investimento em curso e as medidas que nós anunciamos hoje vão ampliar essa capacidade de investimento dos estados. São medidas importantes que vão ampliar o investimento neste momento em que a economia mundial atravessa um momento de crise!, disse Mantega.

O ministro anunciou ainda a redução de tributos incidentes nas Parcerias Público-Privadas (PPPs) !“ parceria que União e estados fazem com o setor privado para investimentos !“ e a ampliação de 3% para 5% da receita corrente líquida que cada estado poderia comprometer com estas operações. Ele também disse que o governo abriu uma nova temporada do Programa de Ajuste Fiscal (PAF) para ampliar a capacidade de investimento dos estados e viabilizar projetos de médio e longo prazo.

Segundo Mantega, as medidas anunciadas fazem parte de uma ação anti-cíclica para diminuir a exposição do Brasil à  crise econômica internacional.

15 de junho de 2012
por esmael
1 Comentário

STF mantém processo de cassação de Demóstenes Torres

Ministra do STF nega pedido de Demóstenes para suspender processo

da Folha.com

A ministra Cármen Lúcia, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou pedido de liminar feito pelo senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) na tentativa de suspender o processo de cassação que tramita no Conselho de à‰tica do Senado.

A defesa de Demóstenes tentava paralisar as investigações até que o tribunal decidisse sobre a realização de perícia em áudios da Operação Monte Carlo que, segundo os advogados do senador, foram adulterados.

O senador também tentava adiar reunião do conselho marcada para segunda-feira, quando o relator, senador Humberto Costa (PT-PE), irá apresentar o relatório final. Segundo os advogados de Demóstenes, houve cerceamento de sua defesa.

A ministra, no entanto, afirmou que o assunto é uma questão interna do Senado e não caberia ao Supremo interferir.

15 de junho de 2012
por esmael
9 Comentários

Crise no ninho tucano: José Serra ameaça desistir em São Paulo

do site Brasil 247

Diante da primeira encruzilhada em que sua candidatura a prefeito se depara nesta campanha, o ex-governador José Serra já apontou para seu partido o caminho que pode seguir: voltar para trás.

Em recados duros que chegaram os ouvidos do governador Geraldo Alckmin, em viagem a Nova York nesta sexta-feira 15, Serra disparou a ameaça de simplesmente desistir de concorrer caso o PSDB não aceite, como ele exige, firmar uma coligação formal com as legendas PSD, DEM e PR. Com olhos focados na liderança que, pessoalmente, poderá exercer sobre os coligados e no tempo de televisão que poderá dispor com — e sem — a soma dos espaços partidários no horário eleitoral gratuito, Serra sustenta que não se vê em condições de enfrentar, com chances, a disputa, caso não conte com o apoio das outras legendas.

O problema, para o partido dos tucanos, é que essa coligação irá resultar no chamado “chapão”, em que candidatos a vereador de todas as siglas coligadas disputarão a eleição sob o mesmo guarda-chuva da candidatura Serra, dividindo proporcionalmente o resultado final. Nas projeções de líderes tucanos como o secretário de Energia José Aníbal, de franca influência nos diretórios palistanos, o chapão teria o efeito de reduzir em cerca de 50% o potencial eleitoral dos postulantes do partido. Assim, em lugar de fazer uma bancada com até 12 vereadores eleitos, os tucanos saíram para a disputa projetando vitórias de apenas 6 ou 7 concorrentes. A situação ganha complexidade quando se analisa o fechamento em curso da coligação com o PSD do prefeito Gilberto Kassab. Enquanto os tucanos, no último ano, viram oito de seu vereadores bandearem-se para outros partidos, e sua bancada, assim, ficar reduzida a sete edis, os pessedistas se beneficiaram dessa diáspora, com a adesão de três ex-tucanos, chegando a dez vereadores !“ a segunda maior bancada da Câmara, atrás apenas do PT.

A coligação PSDB-PSD tende a fortalecer ainda mais os filiados ao partido do prefeito, que, além de suas próprias bases, teriam a seu favor o resultado da conta de quociente partidário. O PSD largaria para a disputa com a chance real de formar o que já vai sendo chamada de super bancada, talvez entre 30% e 40% maior que a atual. Os tucanos candidatos temem que esse crescimento se dê sobre o seu definhamento. Serra não vê problema nisso, até porque considera os vereadores do PSD como estando sob a sua chefia.

Com 55 vereadores, a Câmara Municipal de São Paulo formará suas futuras bancadas pelo critério do quociente partidário !“ número resultante da divisão do número de votos válidos sob a mesma legenda ou coligação pelo quociente eleitoral. Nesse caso, a coligação funciona como um único partido: quem tiver mais votos dentro da coligação, está eleito, independentemente da legenda a que pertença. Aí reside a grande preocupação de parte do PSDB.

Enquanto isso, o PP d

15 de junho de 2012
por esmael
3 Comentários

Em processo de privatização, Celepar persegue funcionários e sindicalistas

Com informações do Blog Lado B e do Blog do Tarso

Celepar persegue funcionários. Foto: reprodução.

A Companhia de Informática do Paraná (Celepar) caminha a passos largos rumo à  privatização no atual governo de Beto Richa (PSDB). A empresa continua acelerando a terceirização de serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). A antepenúltima é que a companhia está licitando a compra de softwares — que seriam tarefa dela mesmo desenvolver — pela bagatela de R$ 38 milhões. Leia mais