Vídeo sobre “polacofobia” gera polêmica

“Vídeo pejorativo e racista contra poloneses

Esmael,

Achei uma grande incensatez de sua parte a divulgação do vídeo “Uma lei contra a Polacobofia!”.

Faria um grande favor a si mesmo e a nossa honrada etnia, removendo aquela afronta!

Joel Dorley Zawadzki”.

15 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. TODAS AS UNIVERSIDADES DO MUNDO JÁ RECONHECEM QUE A HUMANIDADE É AFRO-DESCENDENTE.

  2. É uma forma de mascarar a realidade: a escola RUIM que os brancos pobres estudam é a mesma dos negros.
    Com tristeza descobri em 2005 na internet que polaca para cariocas significava prostituta, pesquisei sobre e na verdade polacos se envergonharam do seu próprio gentílico ao invés de tentar desfazer o mal entendido. Brasil é um país que modifica tudo, desvirtua tudo, é de doer tanta falta de cultura e educação. E os judeus que assumam a ‘polaca’ deles, é tão fácil jogar nas costas dos outros seus deveres. Assumam as meninas judias e dêem à elas um enterro dígno e não queiram destruir um pedaço da história mesmo que isso os envergonhe, coisa que no III milênio n/ao deveria mais nem existir

  3. Engraçado… parece que não tem [email protected] pobre, eu conheço um monte das mais diversas etnias só pra registro.

  4. Quero aproveitar para lembrar que o Estado Polonês foi o primeiro a exercer a democracia na Europa, com eleição do Imperador pelo conselho de nobres e posteriormente a primeira constituição da Europa em três de maio de 1791.
    Portanto Viva a democracia e a liberdade de expressão.

  5. A intenção do texto lido pelo Olavo, é apenas um momento de descontração, e ao mesmo tempo um alerta a esta questão de cota racial ridícula e oportunista de alguns grupos interessados somente em transformar tudo em BANDEIRA ELEITORAL…brancos, japoneses, índios, afros, todos formam um único país chamado BRASIL…o resto não passa de demagogia, temos que lutar sim é contra os espertalhões que estão no poder…

  6. Depois da lei da polacofobia vamos rir mais um pouco!!!!
    http://youtu.be/GrRUgR8-xfU

  7. Ludzie piszą głupie bzdury.

  8. calma amigão joel.isso pode ser para descobrir quanto os polenses contribuiram na cultura brasileira .na musica . quem criou a base do teatro brasileiro foi ziembiski ,espero que escrevi certo o nome .mas voceis que são duma cultura milenar não deve levar em conta . os poloneses foram grandes professores noo brasil.não esquente a cabeça com isso .eu sei que a tua inteligencia não pode aceitar essa reação..para bens peço deculpas a todos os descendentes poloneses.um perdão. a ma interpetração pode não judar ,mas humildemente falo,que não há racismo.prque eu sou branco tambem que nem voce,mas parabens pela teu protesto ,é justo muito justo…

  9. Que bobagem, Joel, relaxa e goza.

  10. Não tem nada de polacofobia no texto que o homem leu.

    É apenas uma tirada de sarro nas cotas raciais dos negros; que aliás, acho uma aberração, pois, se os negros foram libertos em 1.888, quer dizer, de lá pra cá eles têm as mesmas oportunidades que os brancos.

    Então, até quando vai esse paternalismo idiota?

  11. Dorley, vc não entendeu o texto ou contexto, acho que nem o xxx do Olavo de Carvalho entendeu, leu pensando numa coisa e ela quer dizer outra. O que? Não sei, juro que não sei de nada, mas é uma piada sulista, parece ser uma crítica a um comportamento do estado brasileiro. Pense…

  12. Eu sempre senti na pele o preconceito que os curitibacas tem por nós,polacos.É o mesmo sentimento que eles tem pelos negros de canela grossa,pelos morenos cor de cuia,catarinas e todos aqueles desprovidos de ascendência luso-paulistana.Tudo bem,somos conscientes do nosso valor,continuaremos a transmitir aos nativos o nosso geito de ser.Afinal,temos mais de tres mil anos de história,estamos aqui para somar.
    Dzień dobry, dobry miesiąc!

    Zieloni Voda

  13. Sr. Joel, essa sua chamada de atenção sim é um afronta a liberdade de expressão. Afinal, quem não sabe que isso foi uma relembrança de como éramos chamados na infância por ser branco polaco e no meu caso ainda, de “gordo”???? Garanto que nenhum dos gordos loiros e brancos chamados de polacos que conheço, tem mágoa por essas brincadeiras. Pelo contrário. Cansei de revidar mostrando o bilau ou o famoso dedo médio e ficava tudo 0x0. E no outro dia lá estávamos brincando juntos…E aí de quem ousasse brigar com um da turma…

  14. Dzień dobry!!!
    Dobry miesiÄ…c!!
    Eu sempre senti na pele o preconceito que os curitibacas tem por nós,polacos.É o mesmo sentimento que eles tem pelos negros de canela grossa,morenos cor de cuia,catarinas e demais curitibanos desprovidos de ascedência luso-paulistana.Mas tudo bem,com nossos mil e quinhentos anos de história escrita e mais outro tanto de história contada,nós polacos,conscientes do nosso valor,continuaremos,como sempre, a transmitir ao povo desta província um pouco do nosso geito de ser.
    Zieloni Voda

  15. Esmael, na boa, acho que seu leitor indignado não entendeu sua sacada.

    Tanto o “suposto” filósofo, que no máximo não passa de um charlatão, tanto quando o paranaense que criou ou enviou o texto, não passam de reacionariozinhos de meia pataca.

    O Olavo, que deveria estar no hospício, usou o texto para atacar as cotas e as olavetes, claro, ficaram todas em polvorosa com as palavras de seu guru.

    Mas vem cá, eu que sou assumidamente polaco, nunca sofri nenhum tipo de preconceito. Por ser loiro com lindos olhos azul-piscina, sempre deixei uma boa impressão no primeiro contato e, graças a isso, admito que sempre tive algumas facilidades nas relações interpessoais de estudo e trabalho.

    Por outro lado, nos meus tempos de facu, era muito raro ver pretos, índios ou outras raças reconhecidamente discriminadas nos corredores ou gramados do centro politécnico da UFPR, salvo funcionários ou estudantes de outro continente.

    Portanto, existe sim uma dívida da sociedade para com estes excluídos e as oportunidades não são iguais para todos.

    Quero mais que seo Olavo e todos os demais que compartilham das mesmas idéias fiquem pretos e pobres por, pelo menos, um mês de suas medíocres vidas.

    Garanto que mudam de opinião no ato!