Rafael Greca está “firme e forte” no jogo eleitoral de Curitiba

Rafael Greca. Foto: Henry Milleo/ Gazeta do Povo.

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, do PSB, percebendo que é tarefa impossível demover a pré-candidatura de Rafael Greca, do PMDB, como não é bobo, veio a público ontem negar que tenha oferecido a vice para o partido do senador Roberto Requião.

Ducci teme o efeito contrário da oferta, ou seja, que Greca fique “p” da vida com o assédio, saia candidato e — pior ainda — apoie no segundo turno o adversário principal (leia-se, Gustavo Fruet, do PDT).

Segundo experientes peemedebistas, dos 111 votos na convenção municipal de Curitiba em junho, a aliança pró-Ducci conta com apenas 30.

Resumo da ópera: Greca só não será candidato se não quiser.

Comentários encerrados.