Prefeitos dizem que Flávio Arns ainda não resolveu repasses para o transporte escolar

Flávio Arns. Foto: Denis Ferreira Neto.

O governador em exercício e secretário da Educação licenciado, Flávio Arns (PSDB), em tese, tem a caneta nas mãos para resolver um imbróglio que vem se arrastando deste o início deste ano: o repasse de recursos para os municípios pagarem o transporte escolar. A questão, agora, também envolve vontade política para solucionar a questão.

De acordo com reportagem do jornal Gazeta do Iguaçu, a Gazetinha, prefeitos da região Oeste estarão reunidos hoje e amanhã (24 e 25), em Foz do Iguaçu, para a realização da 5!ª Assembleia Geral da AMOP (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná). O principal assunto em pauta é o transporte escolar dos alunos da rede estadual.

Os prefeitos dizem que o serviço, cuja responsabilidade é exclusiva do Estado, tem gerado impacto nas finanças das cidades. Isso porque o governo estadual atrasa o pagamento e não repassa o valor total do custo da locomoção dos estudantes.

O prefeito de Toledo e presidente da AMOP, José Carlos Schiavinato (PP), garantiu que o encontro com os 45 prefeitos tem o objetivo de resolver o impasse em torno da questão.

Vamos apurar o cálculo real de gastos dos municípios da região oeste com o transporte escolar, que é incumbência do governo do Estado, fazendo o comparativo com o valor repassado pela Secretaria Estadual da Educação!, disse.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Acredito que o vice-governador resolverá esse problema dos repasses para o transporte escolar com a mesma agilidade de uma tartaruga reumática.

  2. E a esta hora o o Richa e sua comitiva deve estar às margens do Sena, tomando chapanha francesa e comendo um queijo do reino…

    Daqui a pouco a gente vai ver as fotos da turma com lencinho na cabeça…