Por Esmael Morais

Greca propõe ação popular contra privatização de locais públicos

A proposta do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), de privatizar espaços públicos continua rendendo nos meios políticos e nas redes sociais da internet. Nesta quinta-feira (24), o pré-candidato a prefeito pelo PMDB, Rafael Greca, que busca se diferenciar do prefeito que tenta

Publicado em 24/05/2012

Liquidação do patrimônio

O ex-prefeito e pré-candidato em Curitiba, Rafael Greca, citou ainda o Museu Metropolitano do Portão como outro local abandonado de propósito “para ser entregue na bacia das almas a algum empresário patrocinador da próxima eleição”. “Por tudo isso, proponho essa ação popular contra a licitação desses espaços públicos, de direito da população ou ainda contra à  vexatória liquidação do patrimônio público de Curitiba, na temporada de queima de estoque demo-tucana”, salientou.

Ainda na análise de Greca, ao transferir esses locais públicos para a iniciativa privada, a atual Prefeitura cria o “direito de propriedade” sobre, segundo ele, “o que antes era de todos os contribuintes”. “Como exemplo, o acesso à  raia de remo, o acesso à  à“pera de Arame e o acesso ao Palco da Pedreira (Paulo Leminski) passará a render recursos para interesses alheios à  história da cidade. Antes, rendia para os cofres públicos e ainda permitia à  Prefeitura incentivar à  cultura”, frisou Rafael Greca.