Governo do Paraná dá reajuste de 10,32% aos trabalhadores privados e de apenas 5% aos servidores públicos

No dia 1!º de maio, Dia do Trabalhador, o governador Beto Richa (PSDB) sancionou o novo valor do salário mínimo regional com reajuste de 10,32%, cujo valor máximo é de R$ 904.

A medida desagradou entidades patronais, tais como Fiep e ACP, que não gostaram da previsão de aumento real para 2013 de 5%, além da reposição da inflação do período de 12 meses.

Os trabalhadores também não ficaram muito satisfeitos, pois reivindicavam reajuste calculado pelo Diesse de 14,3%.

Agora, quem realmente ficou na bronca foram os servidores públicos estaduais. Na semana que vem deverá sair o índice de reajuste (reposição da inflação), que deverá ficar na casa dos 5%.

Um indignado professor escreveu ao blog sobre a contradição:

Os deputados estaduais do DEM de do PSDB falavam no governo passado que o índice deveria ser igual, tanto para os trabalhadores da iniciativa privada quanto para os do serviço público, mas este governo repete a mesma fórmula do anterior ao fazer cortesia com o chapéu alheio!.

A Assembleia [Legislativa] nada vai falar sobre isso? Quero registrar aqui que eu pagarei os 10,32% a minha funcionária doméstica, mas receberei apenas 5% de reajuste!, protestou.

Comentários encerrados.