Por Esmael Morais

Fracassa a reunião da dissidência do PMDB pró-Ducci, diz Requião

Publicado em 21/05/2012

Participação de Ducci em reunião peemdebista irritou Greca e Requião.

O senador Roberto Requião, presidente do PMDB de Curitiba, ao saber há pouco do desfecho da reunião da ala dissidente do partido, que sonha em apoiar a reeleição do prefeito Luciano Ducci (PSB) à  prefeitura, fez o seguinte comentário: “Fracasso total, vou abrir um vinho em homenagem à  minha Maristela [a esposa que está fazendo aniversário hoje] e aos militantes do velho MDB de Guerra”.

Segundo informações de “orelhas secas” do blog, apenas três deputados do interior (Luz Cláudio Romanelli, Teruo Kato e Jonas Guimarães) estiveram na reunião com o prefeito Ducci. Nenhum com base política na capital compareceu ao encontro. A bancada peemedebista possui 13 parlamentares.

Incluindo os vários profissionais da imprensa, cerca de 50 pessoas prestigiaram o evento pró-Ducci nesta noite.

“Quantos votos, em Curitiba, somam os deputados dissidentes? Uma miséria. PMDB CTBA- reunião de epígonos [discípulos] e adventícios [forasteiros] deu em nada”, tuitou Requião.

O pré-candidato do PMDB que a dissidência quer defenestrar a qualquer custo também se mostrou irritadíssimo pelo microblog:

“Pela foto não se vêm 45 pessoas no encontro. Luciano Ducci deveria ter vergonha deste velho método. Não passarão”, disparou Greca.

Resumo da ópera: a bancada do PMDB parece não querer briga com o senador Requião e a estratégia do prefeito bastante errante.