Engenheiros da Sanepar entram em greve

Em assembleias realizadas ontem (2) nas cidades de Cascavel, Curitiba, Maringá e Londrina, 78% dos engenheiros da Sanepar optaram por paralisar suas atividades.

Participaram das assembleias 242 profissionais, sendo que 182 optaram pela greve e apenas 51 decidiram continuar trabalhando.

à‰ a primeira vez na história da empresa que os engenheiros decidiram realizar uma paralisação.

O Sindicato dos Engenheiros do Estado do Paraná (Senge-PR) já comunicou por meio de ofício a decisão à  empresa.

Os profissionais cumprirão o prazo legal de 72 horas para iniciar a greve, que será a partir das 8 horas da próxima terça-feira, dia 8, em todo o estado. Nesse dia, nova assembleia definirá sobre a continuidade do movimento.

A decisão dos engenheiros foi motivada pela divulgação (no último dia 20) do enquadramento individual no novo Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR), elaborado pela diretoria da empresa com uma consultoria externa, contratada especificamente para isso.

No novo PCCR, apesar de ter criado um clima prévio de que resolveria a questão, a empresa nada fez para corrigir as distorções na carreira dos engenheiros, geólogos e geógrafos, trabalhadores representados pelo Sindicato. Dessa forma, profissionais que atuam há até mais de dez anos na empresa continuarão ganhando o mesmo que um recém-ingressado. O problema já atinge 65% dos quadros representados pelo Senge-PR.

Segundo o presidente do Senge-PR, Ulisses Kaniak, o PCCR apresentado pela diretoria da Sanepar frustou significativamente as expectativas dos profissionais de engenharia da empresa.

“Mais uma vez, a diretoria da empresa não resolveu as distorções de carreira, que nivela pelo piso mínimo profissional a grande maioria dos engenheiros, geólogos e geógrafos da Sanepar. Com isso, ano após ano a empresa vem perdendo profissionais qualificados para o mercado de trabalho, que encontra-se cada vez mais aquecido, em função do bom momento da economia do país.”

Os engenheiros da empresa reivindicam 4 pontos principais:

1 – Enquadramento inicial da carreira em 9 salários mínimos, garantindo proporcionalmente os steps já ganhos em avaliações anteriores.

2 – Formalização da tabela salarial bem como das possibilidades de promoção do novo PCCR.

3 – Manutenção do cargo/função conforme atribuição profissional (engenheiro, geólogo, geógrafo).

4 – Elaboração de curva salarial específica para os profissionais de engenharia, geologia e geografia.

O presidente do Senge-PR ressalta que caso a empresa se proponha a negociar os itens até a próxima segunda-feira, a greve pode ser suspensa.

“Esperamos que a diretoria da Sanepar se sensibilize e se comprometa a negociar com os engenheiros da empresa para resolver as distorções na carreira desses profissionais, que se acumulam ano após ano, governo após governo”, ressaltou.

23 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

    Skype: Power-Tecnology

    Telegram: PowerEmails

    Whatsapp:(11)95142-6402

  2. SUPER MEGA KIT COMPLETO WHATSAPP MARKETING DIVULGAÇÃO EM MASSA

    SITE: http://bit.ly/1QgntWx

    Skype: Power-Tecnology

    Telegram: PowerEmails

    Whatsapp: 11-9586-31289

  3. Vamos concluir a conversa: eu não acredito em greve isolada de segmento. O único segmento que quando paralisa suas atividades causa um grande transtorno para Sanepar é a leitura. Isso mesmo nobres engenheiros, vocês podem paralisar suas atividades por meses que a população e nem Sanepar irão sentir. A longo prazo certamente ocorrerá reflexos. Boa sorte na luta e a base da Sanepar apoiará da mesma forma que sempre recebeu o apoio do segmento.
    Ps Engenheiro da Sanepar: a receitinha de bolo que você me passou eu já cozinhei, muito bem por sinal. Por isso que não reclamo da minha condição na empresa. EU NÃO ESTOU INSITANDO GREVE – E VC? ENTÃO QUEM ESTA RECLAMANDO?

    • Tá muito claro que o Sr. Sanepariano acima representa a diretoria da Sanepar. Quem se digna a ficar entrando no site e respondendo por varios dias as questoes dos engenheiros? Voce demonstra um desconhecimento da atividade dos engenheiros, não sabe que os 2 bilhões que serão investidos passarão pela mão dos engenheiros da Sanepar? Se é ignorante é melhor ficar bem quieto, só fale se tem conhecimento da causa! E pior, se é da Diretoria, vai se informar meu amigo!!!

  4. Interessante as discussões postadas no site, cabendo as mesmas alguns esclarecimentos:
    1- A Sanepar é uma empresa de Saneamento sim, no entanto para desempenhar tal papel vale-se de serviços e obras de engenharia, sendo assim, necessita de profissionais de áreas técnicas tais como engenheiros e técnicos de diversas áreas do conhecimento, outras áreas também participam dos processos de maneira auxiliar, de forma nenhuma inferior…
    2- É lamentável e até desprezível outras profissionais de nível superior ou não da Sanepar questionar o salário de outras categorias, isso sim é coisa de gente pequena e egoísta que ao invés de lutar pela valorização da sua categoria prefere criticar as outras, se temos o nosso salário atrelado ao salário mínimo foi pela luta de outros colegas que fizeram disto uma lei federal de 1966.
    3- Invariavelmente em praticamente todas as atividades da empresa existe uma etapa que passa pela mão de um engenheiro, seja ele civil, mecânico, elétrico, químico, cartográfico, de automação, etc… Muitas vezes isso não aparece, pois como disse outro colega, é a tal da papelada, mas nessas atividades estamos presentes assumindo a responsabilidade técnica por soluções, pareceres, fiscalizações, licitações, projetos, obras, laudos, orçamentos, etc…
    4- A valorização que buscamos tem haver com o mercado de engenharia que atualmente apresenta-se aquecido e em plena expansão no país, refletindo em remuneração e benefícios aos seus profissionais… A empresa tem conhecimento disso, tanto que não divulga a pesquisa de mercado da Publix, que possivelmente detectou tal fato.
    Resumindo, é fácil falar sem saber do que se esta falando, bem como também é fácil criticar ou julgar seu próximo sem saber o que o outro faz ou deixa de fazer…
    Ou seja, da Wikipédia:
    Inveja : é um sentimento de tristeza perante o que o outro tem e a própria pessoa não tem. Este sentimento gera o desejo de ter exatamente o que a outra pessoa tem (pode ser tanto coisas materias como qualidades inerentes ao ser).
    Quer ser engenheiro meu amigo “sanepariano”???
    Receita: estude bastante, faça um vestibular (se possível numa boa universidade pública (assim como a maioria absoluta dos engenheiros da Sanepar),aviso que é concorrido, menos que medicina e arquitetura na UEM), faça 5 anos de curso integral, estudando muita matematica e fisica, depois torça para que a Sanepar abra um concurso, concorra de novo com outros colegas, e entre na empresa.
    Moleza neh????? Acho melhor vc ficar soh reclamando mesmo, o perfil do engenheiro não é o de reclamar muito e sim de por a mão na massa e fazer o que tem que ser feito…
    Abraço aos colegas!

  5. Nossa Zigoto, então quer dizer que os demais profissionais de nível superior da Sanepar, necessariamente, são inferiores aos engenheiros (advogados, jornalistas, médicos, etc). Eu gostaria muito de ter meu salário atrelado ao salário mínimo (que é um índice político). É compreensível ter esse pensamento pequeno e egoístico, tendo em vista que a Sanepar foi considerada por muito tempo como empresa de engenharia. Desculpe caro colega, HOJE A SANEPAR É UMA EMPRESA DE SANEAMENTO.

    • olá “sanepariano”.

      To percebendo uma dor de cotovelo…

      • Caro Sanepariano, acho que você não entendeu, certo! Nenhum momento estamos considerando inferiores outros cargos, e sim falando que não tem coerência uma tabela igual para todos os cursos superiores, agora para você ter seu salário atrelado a um mínimo, pegue a sua classe e briguem para ter em lei, como dos profissionais diplomados em Engenharia, Química, Arquitetura, Agronomia e Veterinária (ver http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4950a.htm). Agora se a empresa quiser deixar todos no inicial dos engenheiros não há problema algum, certo?
        Outra questão só completando sua última frase HOJE A SANEPAR É UMA EMPRESA DE SANEAMENTO “COM 100% DE POLITICAGEM”.

  6. Concordo com o copeliano, tem pedreiro ganhando mais de 7 mil por mês só para assentar bloco de concreto, e infelizmente na SANEPAR todos são considerados “Profissionais” com diferencial de “Especialistas”, graças a uma LEI FEDERAL que reconhece o valor do engenheiro e são obrigados a pagar o mínimo federal.
    Ter uma tabela salarial que considera todos os níveis superiores “Iguais” é um absurdo, dessa forma para a SANEPAR o tempo de formação e as materiais de todos os níveis são todos “Iguais”.
    Agora é claro que caso você tenha um QI Político a coisa é bem diferente.

  7. Sem preconceito contra outras profissões, mas hoje qualquer vendedor, despachante, mestre de obras, empreiteiro, dono de lojinha de qqm… ganha mais que um profissional de nível superior da sanepar!
    Agora, QUERO VER SE FALTAR ÁGUA NA CASA DO CIDADÃO, POR UMA SEMANA APENAS, SE NÃO A OPINIAO PUBLICA NAO VAI FICAR LOUCA!
    Não reconhecer agora é fácil, mas depois que dá m3%#@, aí sobram culpados.
    Po Beto Richa, aumenta o salários dos engenheiro, lembre que você também pertence a classe!

  8. E tem outra coisa: Vcs somente estão recebendo complementação devido ao aumento ser atrelado pelo salário mínimo (não quero entrar no mérito se é correto ou não). SE O SALÁRIO MÍNIMO ÑÃO TIVESSE SUBIDO MAIS QUE AS CORREÇÕES DO INPC, OS ENGENHEIROS NÃO TERIAM MAIS A COMPLEMENTÇÃO. E AI ENGENHERADA, QUEREM LARGA ESSE INDEXADOR????????????????????????????????????????

  9. Os engernheiros receberão o mesmo apoio que sempre empreenderam para as categorias de base da Sanepar – NENHUM. Cuidado engenheiros: a Sanepar pode perceber com a greve que tem muito companheiro sobrando.

    Outra coisa: tem muito engenheiro em cargo de comissão – esses também entrarão em greve? todos os aumentos que receberam pelo salário mínimo também serão revistos?

    Reclamar de barriga cheia é veio gente.

  10. sou funcionario da sanepar na função de agente tecnico de produção nivel 2 estou com os engemheiros e não abro maõ de uma greve poi só assim essa diretoria politica que provavelmente deve ganhar mais de trinta paus por mes vai começar a dar valor para seus funcionarios independente de seu cargo de nivel medio tecnico ou superior esses bamdo de chupa cabras que estaõ na diretorias quando troca de governo elestrocam de tetas e nos os funcionarios temosque ficar asceitandos essas esmolas que eles estão dando …….. chega de esmolas da sanepar greve para uma remuneração digna de uma empresa do porte da sanepar referencia mundial em saneamento basico, nao graças a seu diretores politicos e sim graças a seu corpo funcional independente do nivel cada um tem uma função importante na empresa……. parabens aos engenheiros pela inicitiva de greve….

  11. Seria bom que a greve deles não terminasse… só assim a Sanepar vai prá frente. Tem muito engenheiro (a maioria) que não faz nada na Empresa e ainda reclama que ganha “pouco”…

  12. meu caro “Agente técnico de produção pleno 1″… quanto desconhecimento das atividades dos engenheiros da Sanepar… quero ver vc preparar toda a documentação necessária ao processo licitatório das obras…. quer um conselho? vá fazer faculdade de Engenharia, esquentar a cabeça 5 anos, e voltar pra Sanepar pra recolher ART, assinar as medições mensais… aí sim a gente volta a conversar…

  13. Pois é, os engenheiros ganham apenas 9,5 salários mínimos, e este teve um reajuste muito pequeno nos últimos anos, de 2008 à 2012 o reajuste foi de 66,72%, ou seja, um engenheiro na sanepar hoje ganha no mínimo 5.909 reais”¦.que dó, que dó, que dó. Imagine os orelhas secas é grave geral povo. Ahh meu amigo Marcel, quanto as obras e investimentos da Sanepar, não se preocupe, pois a maioria é feito por Engenheiros (de fora da Sanepar) das empresas contratadas por licitação/edital.
    Vamos que vamos Brasil!!!

  14. Como disse o Direto de Investimento, que não é empregado da SANEPAR, está insatisfeito vá trabalhar na COPEL, ou pior, a culpa é que o salário mínimo que tem uma taxação diferente do que é praticado nos ACT e sobe acima do normal, como ele comentou “O salário mínimo deveria estar em torno de R$300,00”, agora, porque não se critica o aumento do salário regional???

  15. A sanepar logo estará a procura de engenheiros que não tenham curso superior, rs, rs…
    Não serão insubordinados !!

  16. Declare guerra a quem finge te amar
    chega de passar a mao na cabeca de quem te sacaneia….

  17. E pensar que o prefeito participou da festa dos funcionários. Voto certo!!!!

  18. Demorou. Greve.

  19. Engenheiro de 10 anos recebendo o mesmo salário de um recém contratado?? E a função e a responsabilidade desse profissional de 10 anos é a mesma de um recém contratado?? E fizeram um novo plano de cargos e salários que não corrigiu essa aberração?? Lamentável.
    Como vão ficar as obras e investimentos da Sanepar se houver paralisação? Até o valor das ações deve cair… como a Diretoria deixa uma coisa dessas acontecer?