Edson Campagnolo prega união dos empresários contra a desindustrialização

Campagnolo, presidente da Fiep.

O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, abriu a programação da Semana da Indústria ontem em Irati, na região dos Campos Gerais, destacando a necessidade da união dos empresários para superar as dificuldades enfrentadas pelo setor produtivo do país, afetado por um cenário de desindustrialização.

Nesta semana vamos percorrer todas as regiões deixando esta mensagem!, destacou. Campagnolo também ressaltou que fazer as comemorações da Semana da Indústria no interior é uma forma de reconhecer e valorizar o desenvolvimento regional.

A programação da Semana da Indústria é também um reconhecimento pelo trabalho realizado em cada uma das regiões em prol do desenvolvimento do Estado e do País!, destacou. Depois de Irati, o presidente da Fiep seguiu para Palmas, no Sudoeste.

Nesta quarta-feira estará em Capitão Leônidas Marques e Marechal Cândido Rondon, no Oeste. Na quinta-feira, será a vez de Campo Mourão, no Noroeste e na sexta-feira, a programação da Semana da Indústria é encerrada em Londrina, no Norte.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Mas quem leva as empresas à China não é o governo,o governo apenas sofre injurias ,mas os salarios baixo da China deixa os empresarios mais ricos.Nos brasileiros que destruimos as industrias do Brasil, compramos copias dos verdadeiros produtos, que são feitos com trabalho escravo na China! Os americanos e europeus levaram empresas para sudeste da Asia ,agora culpam o os governos ,parem tomem uma titude ,assumam o erro ,A china esta rica ,mas a riquesa da China não serve para Deus e nem para o diabo…