Ducci festeja 1!º de Maio dos funcionários da Sanepar

20120501-160751.jpgO prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), foi a principal estrela hoje na festa do 1!º de Maio dos funcionários da Sanepar.

A festa rolou até há poucos minutos na Associação dos Funcionários da Sanepar, em Pinhais, e contou com aproximadamente 300 pessoas.

Além de Ducci, esteve no evento o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone, um dos prováveis coordenadores da campanha pela reeleição do prefeito.

16 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. A organização não sei como foi, mas fui na festa e posso dizer que foi a melhor até hoje… quem não foi realmente perdeu a chance de se divertir… parabéns aos que fizeram essa festa e, aos que falam mal, participem na próxima, aí vocês vão ver como é boa a festa…

  2. Estive na festa e confesso que foi a maior festa de todos os tempos mais de 1800 funcionários e familiares um sucesso total, quem faz comentários maldosos como o do João e do Thiago, provavelmente são pessoas frustradas que torce para o contra não seria melhor fazer algo de bom. provavelmente queria um cargo e não conseguiu ou é uma das viúvas do Requião.

  3. De esgoto estes funcionários entendem.

  4. Foram na festa mais de 1.700 pessoas e ninguém foi lá obrigado! A festa não era vinculada à política e foi organizada por funcionários da empresa sem cargo comissionado ou cargo de chefia.
    Quanto à insatisfação com o ACT e com o salário da empresa, existem meios de lutar por salários melhores, uma greve por exemplo. Ficar sentado esperando e reclamando não vai resolver nada.
    E ao comentário do Raul, lamento informar que de vergonha não teve nada lá, a festa foi um sucesso e todos que lá estiveram se divertiram muito! Quem não foi… PERDEU!!

  5. Festa hipócrita e vergonhosa, onde só puxa sacos e paus mandados foram, pq a grande maioria dos funcionários está insatisfeita com essa administração, onde só os acionistas levam os lucros, garanto que nessa festa a chefia deve ter levado a maior parte do bolo tbm.

    Festa da vergonha sanepariana!!!

  6. Muito adequado, tudo que o ducci faz só serve pra esgoto mesmo…

    Ainda se ele fizesse esgoto…

  7. Esmael, atualize a informação: estiveram presentes mais de 1700 pessoas.

  8. O Ducci pode ir limpando as gavetas…Esse ja foi nao decola mais….

  9. Meu tinha bem mais de 300 pessoas na festa u.u

  10. É isso mesmo, João. Bem que eu desconfiei de tanta insistência para os funcionários participarem dessa “festa”, em pleno boato de greve.

  11. Acho que mais do que isso,precisamos sanear e desinfetar a política paranaense.Estamos ocupando que lugar no ranking nacional da baixaria,com tanta malandragem de notas compradas,negócio fechado?
    Vivemos num mar de lama porque queremos.Votam no Roberto Hinça que descobriu o princípio da pessoalidade que nem existe na constituição federal,quando qualquer aluno de escola pública sabe que o certo é pessoalidade!
    Temos que deixar de ser acomodados e votar sem medo em candidatos novos,não em antigos com candidíase,que sentem coceira para para “trabalhar pelo povo”.

  12. Tinha mais funcionário da Sanepar deixando o carro na empresa para acompanhar o Paraná Clube, do que na festa partidária do trabalho.

  13. Com certeza que dos 300, uns 80%, erra cargo comissionado….rs que foram intimados a ir na festa por falta de empregados que estão insatisfeitos com o ACT com venda casada do PCCR.

  14. É BOM O DUCCI SE ACOSTUMANDO COM A SANEPAR ,POIS QUANDO ELE ENTRAR PELO CANO NA ELEIÇÃO DE PREFEITO NÃO VAI SOFRER TANTO.

  15. Esse Ducci foi lá na Sanepar fazer o que? me digam? Foi fazer média com os funcionários isso sim, porque ele não tem nada à ver com a empresa que é estadual.
    Mais como o Ghignone deve estar querendo uma boquinha de vice na chapa dele este ano, está aproveitando a onda e querendo se promover nas costas dos funcionários, que vergonha.
    E pelo visto a festa deve ter sido bancada com dinheiro dos acionistas que tiveram maiores lucros e repassaram um pouquinho para também fazerem uma média, coisas da política. Interesses comuns.