Bancada do PT registra moção de repúdio à  ação judicial proposta pelo PSB contra blogueira Thea Tavares

Thea Tavares.

A vereadora Professora Josete (PT) assinou uma moção de repúdio à  ação judicial proposta pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), do atual prefeito de Curitiba Luciano Ducci, contra a jornalista e blogueira Thea Tavares, do Blog Lado B. A moção foi assinada pela bancada do PT na Câmara Municipal e pelo vereador Paulo Salamuni (PV).

“à‰ impensável que em um momento em que tantas realizações importantes na área da informação, como a Lei de Acesso à  Informação e a Comissão da Verdade, estejam se concretizando, um movimento de censura seja realizado pelo partido do prefeito”, lamenta a vereadora Professora Josete (PT).

“A Constituição de 88 garante a liberdade de expressão e de pensamento, e vetar isso a um jornalista é um erro muito grave”, disse.

A ação do PSB foi proposta perante a Justiça Eleitoral, e requer a retirada do conteúdo do blog do ar. Isso aconteceu depois de matérias que divulgavam os adesivos “Juntos – Ducci e Derosso 2012”, que estavam em circulação na cidade. O título “Juntos” foi usado em outras campanhas do mesmo grupo político no passado e atualmente pode ser visto em adesivos em alguns automóveis na cidade.

A moção reforça que o conteúdo veiculado pelo Blog Lado B não violou nenhum dispositivo legal e não cometeu nenhum tipo de crime. Vários outros blogueiros e jornalistas já se manifestaram contrários à  ação do PSB.

Meu comentário:

Querida Thea,

Quero aqui registrar a minha solidariedade contra essa clara tentativa de censura. Acho que nenhum político — ou mesmo juiz — tem o direito de obrigar blogueiro ou jornalista de apagar matéria de sua página pessoal. Somente o Supremo Tribunal Federal (STF) tem esse poder de retirar postagem e de arbitrar a favor ou contra a liberdade de expressão. à‰ a minha opinião e dos ativistas digitais que estiveram presentes no último final de semana no 3!º Encontro Nacional de Blogueiros, em Salvador.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. será que que o policarpo da veja e ministro gilmar mendes conhecem esse livro ?a privataria a joice não fala .a qui no parana somente nos brogs que a gente ve o livro ..a joice bate forte contra os desmandos com rasão ,mas parcialmente..por que que na ric tv ninguem tem coragem de falar do livro da privataria ?a record nacional deu todo o apoio na devulgação desse livro das privatarias tucanas..mas a ric tucanalhalou também que pena!os paparazzos das grandes revistas fragam momento pessoais privativos isso e crime. ou a justiça aprova esse trabalho canalha..não podemos aceitar esse tipo de coisas….

  2. o partido social brasileiro tem os molde neo liberal tambem. O esmael nos comunique alguma coisa sobre nossos comentarios ,nos não queremos mais esse brog fora da telinha. e queremos todos os brogs livres. engraçados os paparazzo podem tirar fotos intimas e fica por isso mesmo. eu acho que os paparazzo tambem cometem crime ,mexem coma honra das pessoas …ale nada faz contra eles…não defendo nenhuma exposição sem uma consulta previa ,para que uma pessoa seja exposta publicamente,com fotos de momentos furtivos….