André Piolli, do PT, surpreende em Paranaguá

André Piolli, do PT, pode surpreender na disputa pela prefeitura.

Por encomenda da UGT (União Geral dos Trabalhadores), seção Paraná, o instituto de pesquisa IRG foi a campo em Paranaguá, no Litoral, para saber sobre a corrida pela prefeitura.

Entre os dias 19 e 20 de maio, foram ouvidos 400 eleitores em entrevistas pessoais. A margem de erro é de 4,5%.

Pelos levantamentos da IRG, o veterano Mário Roque das Dores (PMDB) e o novato André Piolli (PT) estão polarizando a disputa.

Num dos cenários estimulados, que parece ser o mais crível, Roque lidera (44%) e Piolli vem em segundo lugar (13,75%); em terceiro aparece Márcio Costa (PRP) com 5,25%, seguido pelo atual vice-prefeito Fabiano Elias (PSDB) que tem 4,75%.

Embora lidere a pesquisa, é importante registrar que a pré-candidatura de Roque sofre questionamentos dentro do próprio PMDB.

A tropa de choque ligada ao senador Roberto Requião considera o partido indicando o vice na chapa do petista Piolli e descartando a candidatura própria.

Os peemedebistas parnanguara haviam combinado apoiar a candidatura de Alceuzinho Maron, do PSDB, mas esse foi abatido em pleno voo em virtude de denúncias no Porto.

Também pontuam nesse mesmo cenário (sem Alceuzinho) os seguintes pré-candidatos: Dr. Rochinha (PSOL) 1,25%; Mariozinho Lobo (PDT) 1,25%; e Yuri Guermann (PCB) 0,50%.

A pesquisa está registrada no TSE sob o número 06/2012.

Comentários encerrados.