14 de Maio de 2012
por esmael
8 Comentários

Rossoni e Traiano se bicam

Nos bastidores, os deputados tucanos Rossoni e Traiano estariam se bicando.

Uma fonte no Palácio Iguaçu garante que os deputados tucanos Valdir Rossoni e Ademar Traiano não podem ser convidados para o mesmo almoço. Há dias, os rapazes vêm se bicando no ninho. Coisa feia, diz o palaciano. Leia mais

14 de Maio de 2012
por esmael
1 Comentário

Gleisi e Bernardo pedem que petistas fortaleçam “blocão” em Foz do Iguaçu

Ministros Bernardo e Gleisi.

A disputa pela prefeitura de Foz do Iguaçu, no Oeste, será uma das mais acirradas do Paraná. Consciente dessa realidade, aos poucos, vai se firmando na cúpula estadual do PT a opinião de que é preciso fortalecer o grupo político formado pelas 12 legendas no entorno do atual prefeito Paulo Mac Donald (PDT). Leia mais

14 de Maio de 2012
por esmael
3 Comentários

Collor diz que Gurgel fez ‘ameaça velada’ a parlamentares

Autor do requerimento que pede a convocação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, o senador Fernando Collor (PTB-AL), afirmou na tarde desta segunda-feira (14) que o procurador-geral fez uma espécie de “ameaça velada” aos parlamentares.

Parlamentares integrantes da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), criada para investigar as relações do bicheiro Carlos Cachoeira com políticos e empresários, defendem a convocação do procurador pela comissão, sob o argumento de que, em 2009, ele não tomou providências ao receber o inquérito da Operação Vegas, que investigava prática de jogo ilegal.

Na semana passada, Gurgel manifestou que os ataques que recebeu seriam resultado de um “medo do julgamento do mensalão” por “réus e protetores dos réus”. Collor afirmou que causou “estranheza” as declarações do procurador.

“Causou-me estranheza o relato feito pelo procurador a alguns parlamentares, em visitas recentes, de alguns casos fortuitos de natureza política, numa espécie de ameaça velada a alguns congressistas, o que é inaceitável. Após o depoimento do delegado Raul Alexandre Marques Souza, da Operação Vegas, trouxe ainda mais duvidosa a posição do procurador geral de arquivar o processo”, disse Collor.

O G1 procurou a Procuradoria da República para saber se Gurgel quer se manifestar, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Requerimento

O presidente da CPMI, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), afirmou na última sexta-feira (11) que a comissão votará na próxima quinta-feira (17) a possível convocação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, para prestar depoimento à  comissão.

Gurgel já afirmou que não irá à  CPI porque, se fizer isso, passará à  condição de testemunha e não poderá mais atuar no caso como procurador. Ele argumenta que não adotou providências em 2009 para não atrapalhar a investigação da Polícia Federal e que isso favoreceu a prisão de Cachoeira neste ano.

Segundo o G1 apurou, a decisão final sobre o pedido dos parlamentares para que Gurgel preste depoimento na CPI do Cachoeira poderá ser do Supremo Tribunal Federal.

14 de Maio de 2012
por esmael
3 Comentários

Veneri e Dr. Rosinha são lembrados para a vice de Gustavo Fruet

* Petistas prometem definir o nome ainda esta semana

Rosinha e Veneri lembrados para a vice.

Os deputados Tadeu Veneri e Dr. Rosinha são lembrados pelo PT para fazer companhia à  candidatura de Gustavo Fruet, do PDT, à  prefeitura de Curitiba. A informação é do deputado federal à‚ngelo Vanhoni, que não descarta nenhum nome do partido. Leia mais

14 de Maio de 2012
por esmael
8 Comentários

Prefeito Viganó, do PDT, sai perdendo no xadrez de Pato Branco

por Badger Vicari, via Jornal de Beltrão

Xadrez é um jogo espetacular, e sua metáfora serve para o esporte e para a política. Pois eu também lanço mão dela para analisar o futuro político de Pato Branco a partir da confirmação do vereador e agora ex-pré-candidato a prefeito Guto Silva (PSD) para o cargo de subchefe da Casa Civil. O reflexo disso não é só para 2012, mas também para 2014. Para agora, tudo se encaminha com a candidatura do deputado estadual Augustinho Zucchi (PDT) para prefeito de Pato Branco, com apoio do atual prefeito Roberto Viganó (PDT) e também do governo do Estado.

Zucchi é deputado desde 1995 e seu nome começou a aparecer com força para a disputa da prefeitura a partir do ano passado. Apoiador de Osmar Dias em 2010, Zucchi (e o PDT), mudou de lado ainda em 2011, se aliando na base de apoio de Beto Richa (PSDB).

Essa movimentação foi recompensada pelo governador, que tirou do município um potencial adversário de Zucchi. Agora todos devem caminhar juntos, e nessa toada, quem sai perdendo é Viganó !” que não será mais candidato a deputado estadual em 2014. O espólio de Zucchi (imaginando que se eleja prefeito) será recolhido por Guto Silva !” que terá o especial apoio de Beto Richa para concorrer a deputado estadual.

Viganó até poderá ser candidato, mas não terá o apoio do governo e da prefeitura. Talvez se arrisque a deputado federal, mas daí vai de encontro a outro pretendente de peso e aliado do governo !” o secretário estadual Edson Casagrande (DEM).

Viganó e Zucchi, eu lembro bem deles em 2009, estavam entre aquelas pessoas que afirmavam que o então prefeito de Curitiba Beto Richa não seria candidato ao governo. Zucchi à s vezes debochava de nós repórteres quando fazíamos esse questionamento.

“Imagina se ele [Beto] vai abandonar o orçamento de Curitiba…” Pois é. Se me lesse, Zucchi saberia, porque desde que Beto foi reeleito na capital, em 2008, eu comecei a escrever que ele seria naturalmente candidat

14 de Maio de 2012
por esmael
Comentários desativados em Mandato de Samek na Itaipu vence na quarta

Mandato de Samek na Itaipu vence na quarta

Jorge Samek na expectativa.

O diretor-presidente de Itaipu Binacional, Jorge Samek, depende de confirmação da presidenta Dilma Rousseff para continuar no cobiçado cargo que ocupa desde 2003. Leia mais