Veja o vídeo: Nem os emails do tucano Francischini escaparam dos espiões de Cachoeira

do G1

Investigação da Polícia Federal descobriu indícios de que a quadrilha do bicheiro Carlinhos Cachoeira interceptou emails do deputado federal Fernando Francischini (PSDB-PR). Cachoeira foi preso pela PF em fevereiro, durante a Operação Monte Carlo, acusado de chefiar um esquema de jogo ilegal em Goiás.

Preso na mesma operação, Idalberto Matias de Araújo, o Dadá, é suspeito de trabalhar como um “espião” para a quadrilha a fim de conseguir informações sigilosas. Reportagem da edição desta quinta (5) do jornal Folha de S.Paulo! informa que ele coordenou, segundo a PF, a montagem de um esquema de interceptação ilegal de emails.

De acordo com a Polícia Federal, Dadá tinha a missão de descobrir, por exemplo, o dia de uma operação para fechar casas de jogos ilegais. Mas, ao grampear Dadá, a polícia descobriu que ele também pode ter contratado um ex-policial para monitorar ilegalmente o email do deputado federal do PSDB.

Um relatório da PF mostra que, à s 18h10 do dia 31 de janeiro deste ano, o policial aposentado Joaquim Gomes Thomé Neto liga para Dadá e diz: “à‰ a mesma quantidade de ontem. O negócio parece ser importante”.

Na análise de inteligência da PF, a mesma quantidade! se refere à  quantidade de mensagens de correio eletrônico interceptadas ilegalmente.

à€s 18h45, Dadá liga para Thomé e fala: “Já tô num lugar mais seguro aqui. Dá pra gente passar agora a parada?”

Oito minutos depois, a polícia registrou outra conversa. Thomé diz para Dadá pegar a outra mensagem de Francischini. E depois relata parte do texto: “mensagem de Francischini para o nosso amigo: eu gostaria de falar com aquele rapaz lá do meio ambiente…”.

A vitima da quebra de sigilo seria o deputado Fernando Francischini (PSDB-PR), que também é delegado da Polícia Federal. Ele reconhece a mensagem como dele mesmo. Diz que estava levantando informações sobre uma fazenda em Brasília, desocupada dias antes.

Eu não tinha conhecimento. à‰ um fato grave. Eu vou agora reforçar o requerimento de CPI do bicheiro Cachoeira para poder separar o joio do trigo, o político honesto do político bandido em Brasília!, afirrmou o deputado.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. esse é o fogo amigo ,somente erraram.eles pençaram que francischine fosse do pt,é so isso nada mais .fique numa boa deputado quem não deve não teme!

  2. RONALDO SANCHES, mais uma pérola do senador postiço.

    “Arruda não fez barganha. Não instalou um balcão de negócios para oferecer a este ou àquele partido”.

    Arruda, amigo do peito do maior quadrilheiro e safado desse país, José Vamp Serra.

    Esse Álvaro é ridículo, será que “seu personagem” também não está metido nessa [email protected]#*# toda????

  3. Vamos esperar a degravação destes e-mails, será mais um vestal da moralidade com pés de barro? Qual o interesse nesta fazenda em Brasília?

  4. Elogio do nosso Sen. Alvaro Dias ao Sen Demostones Torres:

    Alvaro Dias (PSDB-PR) ““ “Queremos manifestar, em nome do PSDB, nossa confiança absoluta em Vossa Excelência, nossa crença no seu comportamento e dizer, sobretudo, da importância de Vossa Excelência para o país na oposição. Somos limitados numericamente na oposição e sua presença tem oferecido grandeza à tarefa de se opor. Infeliz do país que não tem uma oposição responsável e competente.