TJ adia novamente julgamento do tarifaço do Detran

Um novo pedido vistas do desembargador Guilherme Gomes, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), adiou outra vez o julgamento da constitucionalidade do tarifaço do Detran.

Desde o início do ano, governo e oposição na Assembleia Legislativa em torno de um reajuste de até 271% nas taxas do órgão.

O líder da oposição, Elton Welter (PT), mesmo com o adiamento desta noite, está otimista com o placar: 5 votos a favor do tarifaço a quatro contra.

“O processo voltará a julgamento em duas ou três semanas. Acho que vamos vencer essa parada”, disse o petista que ainda fez uma observação: “Os desembargadores estão transtornados”.

Comentários encerrados.