TJ adia novamente julgamento do tarifaço do Detran

Um novo pedido vistas do desembargador Guilherme Gomes, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ), adiou outra vez o julgamento da constitucionalidade do tarifaço do Detran.

Desde o início do ano, governo e oposição na Assembleia Legislativa em torno de um reajuste de até 271% nas taxas do órgão.

O líder da oposição, Elton Welter (PT), mesmo com o adiamento desta noite, está otimista com o placar: 5 votos a favor do tarifaço a quatro contra.

“O processo voltará a julgamento em duas ou três semanas. Acho que vamos vencer essa parada”, disse o petista que ainda fez uma observação: “Os desembargadores estão transtornados”.

2 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. o tj paranaense é incapaz de julgar pois a autonomia esta na mão do psdb.eu acho!não me comprometo,mas quem é amigo se ajuda.apenas uma dedução .pois podemos de deduzir ,a globo faz isso,o direito e igual .pois sou apenas um jumento que relincha!

  2. Manobra pra ganhar tempo e esfriar a “moleira” do povo, que sempre esquece fácil, hehehe. No final o resultado será apenas um: povão vai tomar na tarraqueta, como sempre! É necessário que haja bom senso e que acabem de vez com essa intentona.