Salário Mínimo Regional de R$ 904 desagrada sindicalistas do PR, que querem R$ 935

O Conselho Estadual do Trabalho está propondo um reajuste de 10,32% no salário mínimo regional do Paraná. Segundo o colegiado, o índice representa um aumento real de 5,1%, acrescido de 4,97% do àndice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC).

A proposta, aprovada por maioria em reunião do conselho, foi encaminhada ao governador Beto Richa (PSDB) para análise e envio à  Assembleia Legislativa. Se aprovado, o novo mínimo entrará em vigor no dia 1!° de maio. O valor do mínimo regional ficará entre R$ 783,20 e R$ 904,20.

As centrais sindicais reivindicam 14,3% de reajuste, conforme havia adiantado ao blog no último dia 13 de março o economista Cid Cordeiro, do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) do Estado do Paraná. O valor máximo do mínimo regional poderia chegar a R$ 935.

A proposta aprovada pelo Conselho Estadual do Trabalho prevê que uma parcela, também de 5,1%, do aumento real proposto para este ano será aplicada ao salário mínimo regional em 2013, acrescida do índice de inflação acumulada nos próximos 12 meses.

A valorização do salário mínimo aumenta o poder aquisitivo dos trabalhadores, gerando um ciclo virtuoso na economia. O trabalhador com mais renda consome mais. O empregador, para atender essa demanda, aumenta a produção, expande seus negócios e gera mais empregos. Isso é política de valorização, em que trabalhadores, empregadores e governo ganham!, disse o secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli.

Os efeitos da elevação do salário mínimo na ativação da economia, na redução da pobreza e na distribuição de renda também podem ser bastante positivos, no sentido de garantir a justiça social!, acrescenta o secretário.

FAIXAS SALARIAIS !“ São quatro faixas utilizadas para definir o piso de cada grupo ocupacional. Se aprovado, o novo salário mínimo será aplicado da seguinte forma:

Grupo I !“ Formado por trabalhadores empregados nas atividades agropecuárias, florestais e da pesca: R$ 783,20

Grupo II !“ Trabalhadores de serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trabalhadores de reparação e manutenção: R$ 811,80.

Grupo III !“ Trabalhadores na produção de bens e serviços industriais: R$ 842,60.

Grupo IV – Composto por técnicos de nível médio: R$ 904,20.

Participaram da reunião do conselho representantes daCentral Única dos Trabalhadores, Central Geral dos Trabalhadores do Brasil, Nova Central Sindical dos Trabalhadores, União Geral dos Trabalhadores, Força Sindical, Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Secretaria Estadual da Saúde, Superintendência Regional do Trabalho e Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, entre outras.

Comentários encerrados.