Requião afirma que Richa é citado em investigações do caso Cachoeira

por Samuel Nunes, via G1 PR

Requião: "Que espécie de governador recebe o capo dos bicheiros 5 dias depois da eleição?"

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) afirmou no Plenário do Senado, nesta quinta-feira (19), que e-mails interceptados pela Polícia Federal apontam que membros da quadrilha de Carlos Augusto Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, podem ter se encontrado com o governador do Paraná, Beto Richa.

As pessoas citadas nos registros da Polícia Federal, segundo o senador, são o argentino Roberto Coppola e Adriano Aprigio de Souza, cunhado de Cachoeira. Nos e-mails, Coppola teria dito que o encontro com Richa foi muito proveitoso e que o governador se comprometeu a reativar a empresa de loterias do estado, que foi fechada durante o mandato de Requião.

De acordo com Requião, Coppola já foi investigado pela polícia do Paraná, por suposta relação com fábricas de máquinas caça-níqueis.

O senador pediu no discurso que Beto Richa seja convocado a depor na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI), que deve começar as atividades nas próximas semanas no Congresso. Para o senador, o governador deve explicações sobre o envolvimento do nome dele nas investigações da Polícia Federal.

Em nota, a Secretaria de Estado da Comunicação Social afirma que o governador Beto Richa nunca falou e não tem qualquer relação com Coppola ou Aprígio. A texto diz ainda que o governador nunca tratou de qualquer proposta de reativação das loterias estaduas e nem autorizou qualquer membro do governo a falar sobre o assunto.

Veja a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A respeito dos diálogos entre pessoas que são investigadas pela Polícia Federal por envolvimento com jogos, que conforme noticiária da imprensa incluiriam a citação do nome do governador Beto Richa, temos o seguinte esclarecimento a fazer:

1 – O governador Beto Richa não conhece, nunca falou e não tem qualquer relação com as pessoas de Roberto Coppola ou Adriano Aprigio de Souza.

2 – O governador Beto Richa nunca tratou de qualquer proposta de reativação de serviço de loterias e nem autorizou qualquer membro do governo a tomar qualquer iniciativa com esse objetivo.

3 – Assim, o envolvimento do nome do governador Beto Richa nesse asssunto não tem qualquer fundamento em fatos.

4 – A manifestação do senador Roberto Requião, feita hoje no Senado, é totalmente descabida, injusta e infundada. Por isso mesmo, não merece crédito.

Curitiba, 19 de abril de 2012

Secretaria de Estado da Comunicação Social

8 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Quem mentiu que daria aos professores da rede, já no início de governo, 26% de reajuste pode mentir muito mais!

  2. Dizem que quem esta falando pelo Beto Richa nesse caso e’ o tal do Deonilson Roldo. Ta bem representado, hein?

  3. Internem o homem, endoidou de vez

    • O Requião pode as vezes passar por falastrão, mas é um homem coragem. Volta e meia compra brigas a favor do interesse comum, do cidadão, do nosso estado e de forma bastante apartidária. Não boto minha mão no fogo por ele, mas vem ganhando a minha admiração.

  4. EU NÃO SEI NÃO O REQUIÃO NÃO IRIA FALAR UMA COISA DESSAS A TOA. MAS COMO DIZIA O BRIZOLA A VERDADE É COMO UMA ROLHA NO FUNDO DO MAR UMA HORA ELA SOBE.

  5. Que eu lembre,a serlopar utilizava tecnologia g-tech,assim como muitas outras loterias Brasil afora.Só que quando acabou o contrato,o Jaime Lerner não renovou com a empresa americana e sim com a laramie loterias,que no papel era do Gionédis,mas tinha uns gringos na jogada,com o tal totobola.Daí rolou uma “briga” entre o Lerner e os prepostos locais da G-tech,que para derrubar a laramie denunciaram a falcatrua do totobola (tinha uns códigos de barras nas bolinhas,que só eram vistos com infravermelho) e a casa dos gringos caiu.Depois o Requião acabou com a serlopar.

  6. é beto, tua carreira política foi-se pelos ares, em 2014 é Requião pela quarta vez governador do paraná.

  7. Aí tem, ele visitou Goiania ainda como Prefeito e foi com muita gente daqui, inclusive com aquele parente de Londrina que opera tambem do outro lado da ponte….. hum.hum.hum…..isto não vai presta….