Para o TRE, Ducci não teve ligação com caixa 2 na campanha de 2008

Luciano Ducci (PSB).

O prefeito de Curitiba, Luciano Ducci (PSB), foi inocentado ontem pela Justiça Eleitoral da acusação de prática de caixa dois na campanha de 2008. Na época, ele concorreu à  vice na chapa de Beto Richa (PSDB) — que deixou a prefeitura em 2010 para disputar o governo do estado.

Seis partidos políticos (PRTB, PT, PCdoB, PMDB, PDT e PSC) pediam a cassação do mandato de Ducci e a sua inelegibilidade. O juiz Marcelo Wallbach Silva, da 1.!ª Zona Elei!­!­to!­!­ral de Curitiba, considerou a ação improcedente e absolveu o prefeito do PSB.

Richa também havia sido inocentado em 2010 porque o TRE entendeu que, como ele não era mais prefeito da capital, o processo tinha perdido o objeto.

Embora Richa e Ducci tenha sido absolvidos do âmbito da Justiça Eleitoral, as investigações sobre a prática de caixa 2 na campanha de 2008 prosseguem na Polícia Federal e no Ministério Público Federal.

Comentários encerrados.