Greca em maus lençóis

Rafael Greca.

O secretário-adjunto do PMDB, deputado Anibelli Neto, o Anibelinho, é quem está conduzindo a reunião do partido nesta noite para discutir se lança mesmo Rafael Greca à  prefeitura de Curitiba ou embarca de vez na canoa da reeleição do prefeito Luciano Ducci (PSB).

O problema é que Anibelinho, ao lado do líder do partido na Assembleia, deputado Caíto Quintana, jurou hoje que defende a candidatura própria, ou seja, o nome de Greca, mas na prática está associado à  candidatura de Gustavo Fruet (PDT) a quem jurou amor eterno no último dia 18 (veja as fotos).

João Arruda, o secretário-geral da legenda e sobrinho do senador Roberto Requião, segundo o bem informado jornalista Cícero Cattani, já abandonou Rafael Greca.

Se a bancada estadual do PMDB não está com Greca, o Anibelinho não está com Greca, o Arruda não está mais com Greca, as pesquisas não apontam a preferência do eleitorado pelo Greca, quem, afinal, de verdade, está apostando as fichas em Greca?

Nesta noite em que se inicia o beijo da morte na candidatura própria, na sede do PMDB, até o ex-governador Orlando Pessuti está se assanhando com a ideia de ser o vice na chapa de Ducci.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. O Greca é corajoso e hoje teria a cara do PMDB para enfrentar o resto, um ex-tucano, petistas aloprados e o outro é fantoche do Palácio Iguaçu.