Foz do Iguaçu suspende transporte escolar por falta de repasses

Flávio Arns não cumpre acordo.

O prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo Mac Donald (PDT), interrompeu ontem o serviço de transporte escolar no município do Oeste do estado. Em ofício encaminhado ao vice-governador e secretário da Educação, Flávio Arns (PSDB), Mac Donald elenca os motivos da suspensão do pagamento do transporte aos alunos das escolas da rede estadual.

“O ano letivo de 2012 começou sem que o Estado assinasse um convênio que oficializasse o repasse da verba. Mesmo assim, após acordo verbal, o município garantiu o transporte dos alunos até a última sexta-feira, prazo dado anteriormente ao Governo Estadual para que se manifestasse quanto ao repasse”, disse o prefeito iguaçuense.

No documento, o prefeito Mac Donald ainda explica que:

“Ao longo de 2011, não houve acordo e o município desembolsou R$ 1,4 milhão com o transporte. No final do ano, Arns se comprometeu a fazer um repasse de R$ 331 mil e a compensar outros R$ 670 mil, por meio de convênios com a Secretaria de Estado de Planejamento Urbano. Os R$ 400 mil que faltavam para fechar a conta ficaram em aberto”.

“Desde o início do ano passado a administração tentava fazer com que o Estado retomasse os pagamentos. Diversos ofícios foram encaminhados ao secretário de Educação e vice-governador Flávio Arns e também ao governador Beto Richa”, reclama.

O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e prefeito de Piraquara, Gabriel Samaha, o Gabão (PPS), divulgou nota ontem (9) dando total e irrestrito apoio ao prefeito de Foz do Iguaçu.

Comentários encerrados.