Em Maringá, Enio Verri fecha com PR e espera PMDB e PCdoB

* Dirigente petista também fala sobre o imbróglio em Foz

Deputado Eno Verri (PT).

Deputado Eno Verri (PT).

O presidente estadual do PT, deputado Enio Verri, pré-candidato a prefeito de Maringá, disse nesta sexta-feira (27) que recebeu apoio do PR para a disputa de outubro.

O petista afirmou que está confiante em relação ao PMDB e PCdoB. Segundo ele, os peemedebistas, embora estejam flertando com o PP, fazem parte do arco de alianças que governa o país.

“Conversei com o senador Requião, com deputado João Arruda e com o ex-governador Orlando Pessuti. O nosso entendimento está bem avançado e isso foi refletido em recente resolução do PMDB, que priorizará a candidatura própria, caso contrário se somará conosco nesta caminhada”.

Verri também está muito otimista com os entendimentos com o PCdoB. De acordo com ele, os comunistas têm um projeto estratégico nacional com o PT que vai além das eleições de 2012.

O dirigente do PT falou ainda sobre o imbróglio no diretório municipal de Foz do Iguaçu, que trava um duro embate interno entre candidatura própria e aliança. Lá, o jornalista Gilmar Piolla é apontado como pré-candidato a prefeito, mas outra ala defende apoio ao deputado Reni Pereira (PSB).

“O PT nacional veta apoio a candidatos do PSDB, DEM e PPS. Mas, no caso do PSB, no Paraná, a direção estadual poderá avaliar a situação de Foz desde que o partido [de Reni] se comprometa com o projeto [petista] de 2014”.

A questão central é: será que Reni Pereira abandonaria o barco do governador Beto Richa (PSDB) para se abraçar aos petistas?

Comentários encerrados.