Denúncia da Gazeta do Povo abate tucano João do Suco

João Cordeiro (PSDB).

A cruzada moralista do jornal Gazeta do Povo abateu neste sábado (28) mais tucano em pleno voo. A edição de hoje trouxe denúncias contra o novo presidente da Câmara Municipal de Curitiba, João Cordeiro, o João do Suco, que substituiu no mês passado o seu correligionário João Cláudio Derosso.

Segundo o jornal, Humberto Seco Schvabe, ex-assessor de João do Suco, foi beneficiado com verba publicitária da Casa no mesmo período que estava lotado no gabinete do tucano – de fevereiro de 2010 a fevereiro de 2011.

João do Suco fez um upgrade no próprio nome após vencer a eleição para presidente da Câmara (ele voltou a usar o nome de batismo depois de anos), mas, com as denúncias de hoje, o jornal o rebaixou novamente ao apelido abandonado (João do Suco).

Se o presidente da Câmara, que está em seu primeiro mandato, tem o comportamento questionado, será que sobrará algum “meu irmão” daquela Casa que não tenha bebido na fonte de Derosso?

João do Suco tem como guru político Valdir Rossoni (PSDB), a quem admira e pensava copiar o modelo “moralizante” adotado pela Assembleia Legislativa do Paraná.

O conglomerado RPCTV/Gazeta do Povo promete novos e emocionantes lances na série de reportagens “Negócio Fechado”. A conferir.

Comentários encerrados.