A corrida de Demóstenes, segundo Erasmo de Rotterdam

A jornalista Marcia Oleskovicz garimpou esse trecho do livro “Elogio da Loucura”, de Erasmo de Rotterdam:

“Quem poderá conter o riso ao ver Demóstenes fardado, para que, seguindo o sábio conselho de Arquíloco, mal aviste inimigo, jogue fora o escudo e se ponha a correr sem parar, pouco lhe importando que se revele, assim, um soldado tão covarde quanto excelente orador?”

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. esses moralistas são,em sua maioria,corruptos se pf fizer um “pente fino”não vai ecapar ninguem,inclusive algumas figuras, de proa, nativas que gostam muito de um olofote midiatico para acusar o governo e base aliada