Veja o vídeo: Manifestantes no Rio impedem militares de deixar evento pró-golpe de 64

da Agência Estado e do G1

Dezenas de militares da reserva que assistiram ao debate “1964 – A Verdade” estão sitiados no prédio do Clube Militar, na Cinelândia, no Centro do Rio. Ao fim do evento eles tentaram sair, mas o prédio foi cercado por manifestantes que impediram o trânsito pelas duas entradas do imóvel. São militantes do PCdoB, do PT, do PDT e de outros movimentos organizados que protestam contra o evento, que marca o aniversário do golpe militar de 1964 e reúne militares contrários à  Comissão da Verdade.

Um dos manifestantes que protestavam na frente do Clube Militar, no centro do Rio, foi detido e algemado por policiais militares. Em seguida, a Avenida Rio Branco foi fechada pelos manifestantes. Policiais lançaram spray de pimenta e bombas de efeito moral contra o grupo, que revidou com ovos.

Os militares foram orientados a sair em pequenos grupos por uma porta lateral, na rua Santa Luzia, mas tiveram que recuar por conta do forte cheiro de gás de pimenta que tomou o térreo do clube. A Polícia Militar tenta conter os manifestantes e chegou a liberar a saída de algumas pessoas pela porta principal, mas por medida de segurança voltou a impedir a saída.

Um grupo que saiu sob proteção do Batalhão de Choque da Polícia Militar foi alvo de xingamentos. Os manifestantes também chamaram os militares de “assassinos” e “porcos”.

4 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. è isso aí Paulo, falou pouco e disse tudo, vão trabalhar cambada de vagabundos, massa de manobra destes partidinhos deM.

  2. sou a favor da policia desse o cacete nessa laia de baderneiro quem trabalha nao tem tempo de ficar atraz dessa palhaçada quem apanhou na ditadura foi so esse ti´po de gente pau neles

  3. Esmael, vc não vai divulgar a festa do PCdoB aqui de Curitiba? Hoje na Sociedade 13 de maio as 21:30….com o Trio Lamara???….

  4. não sei por que este medo dos militares,pois a maioria deles não participou daquele golpe de estado e não são culpados pelas atrocidades que os paus mandados da cia fizeram.