Uso de banda larga móvel dobra no Brasil em 2011

da Folha.com

Em 2011, o uso de banda larga móvel no Brasil teve crescimento de quase 100% –foram 41,1 milhões de acessos, ante 20,6 milhões em 2010, segundo balanço divulgado nesta terça-feira (20) pela Huawei e pela consultoria de telecomunicações Teleco.

O crescimento é bem maior do que a média mundial, de 26,2%, de acordo com a UIT (União Internacional de Telecomunicações).

Em janeiro, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) uniformizou os critérios para contabilizar os acessos por meio de telefones celulares e modems entre as operadoras, o que levou a um crescimento de 4 milhões no número de acessos à  banda larga móvel no país, afirmou Eduardo Tude, presidente da Teleco.

Segundo o estudo, 84% da população brasileira vive em áreas cobertas por banda larga móvel –um aumento de 15,7% em relação a 2010.

O número de municípios no Brasil com acesso à  internet rápida móvel chegou a 48,6% no ano passado. Em 2010, eram 23,4%.

A Teleco estima que, neste ano, os acessos à  banda larga cheguem a 73 milhões no Brasil, número que deve subir para 124 milhões em 2014.

Hoje, no país, 20,9% das receitas das operadoras provêm de serviços de dados, número menor do que a média no Japão (cerca de 50%), nos EUA (aproximadamente 40%) e na Europa (por volta de 30%).

Ainda de acordo com o “Balanço Huawei da Banda Larga 2011”, a banda larga fixa cresceu 19,6% no Brasil em 2011, passando de 13,8 milhões de acessos, em 2010, para 16,5 milhões em 2011.

No ano passado, a porcentagem de municípios brasileiros com disponibilidade de banda larga fixa chegou a 99,8%, ante 81,1% em 2010, segundo o estudo.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. q bom que ta crescendo, mas infelizmente nao o suficiente. ainda tah muito caro e muita gnt nao tem acesso. tah na hora de baixarem esses preços!!