Sem delegado, Nova Londrina sofre com onda de homicídios

A comerciante "Gringa" foi a vítima desta semana em Nova Londrina.

O município de Nova Londrina, na região Noroeste do Paraná, a 575 km, vem sofrendo uma onda de homicídios sem precedentes na sua história.

Segundo denúncia de Willian Faria, do blog Destak Nova Londrina, a cidade está sem delegado há muito tempo e por causa disso está morrendo uma pessoa por semana assassinada.

Pode parecer pouco um homicídio semanal em Nova Londrina, mas não é. O município tem apenas 13 mil habitantes. A estimativa é que 48 pessoas sejam assassinadas até o final deste ano.

O estado do Paraná, segundo dados de 2010, é o sexto mais violento do país com 34,4 homicídios em 100 mil habitantes.

A título de comparação, em São Paulo, dados de 2011, são 9,36 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes.

Resumo de ópera: se Nova Londrina fosse um estado seria, disparado, o mais violento do país.

Alô secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César. O interior do Paraná pede socorro.

3 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Tamo fu, a colônia paulista chamada Paraná, vai servir para alojar os malandros que São Paulo está enviando pra cá.

  2. O Beto Play é de Londrina, lugar onde tem mais corrupto por metro quadrado…

  3. Este é o verdadeiro choque de gestão do Beto Richa. Continuem votando em cu ritibanos, abestados, como diria o Tiririca.