Salário de R$ 9 mil de Jorge Martins causa ciumeira no PRP

Jorge Martins (PRP).
Bastou a tropa de Gustavo Fruet (PDT) divulgar na semana passada que Jorge Martins, o presidente estadual do PRP, tem um cargo comissionado de aproximadamente R$ 9 mil na prefeitura de Curitiba, para causar uma crise de ciúmes na legenda.

Dirigentes municipais do PRP também querem o mimo. O diabo é que, se quiserem ser contratados, eles têm que correr contra o tempo. As contratações só podem ocorrer até o início de abril, conforme prevê a legislação.

O PRP ingressou na Justiça com o objetivo de censurar o Facebook e a página oficial do pré-candidato pedetista, mas o TRE torceu o nariz para o pedido do Partido Republicano Progressista.

Comments are closed.