Por 6 a 0, TRE cassa o diploma e deixa Rossoni inelegível por 8 anos

Valdir e Rodrigo Rossoni.

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) acabou de cassar os diplomas e declarar inelegíveis por oito anos o prefeito de Bituruna, Rodrigo Rossoni (PSDB), e o vice dele, João Vitório Nhoatto (PR).

A decisão unânime (6 a 0) desta noite é complementar à  de ontem, que já havia cassado o mandato dos dois sob a alegação de abuso do poder econômico na eleição de 3 de julho.

Segundo as denúncias, Rossoni e Nhoatto contrataram para trabalhar em favor de sua candidatura 528 cabos eleitorais, ou seja, o equivalente a 11,44% dos 4.614 votos que receberam ou, ainda, a 5,45 % do total de votos válidos computados (9.682), num universo de 12.073 eleitores aptos a votar.

Rodrigo é filho do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Valdir Rossoni (PSDB).

Comentários encerrados.