PF prende dois por apologia à  violência na internet

via Gazeta do Povo

Duas pessoas foram presas em Curitiba nesta quinta-feira (22) suspeitas de serem responsáveis por publicações de apologia à  violência contra mulheres, negros, homossexuais, nordestinos e judeus em um site. De acordo com a Polícia Federal (PF), um dos homens mora em Curitiba e o segundo em Brasília (DF). O suspeito que reside na capital federal estava em Curitiba e foi também preso durante a “Operação Intolerância”.

O site com conteúdo criminoso também incitava o abuso sexual de menores, de acordo com a PF. As investigações foram conduzidas pelo Núcleo de Repressão aos Crimes Cibernéticos, unidade especializada da PF.

O Ministério Público Federal (MPF) e a organização não-governamental (ONG) SaferNet receberam aproximadamente 70 mil denúncias contra o conteúdo do site.

Mandados de busca e apreensão serão cumpridos nas casas e nos locais de trabalho dos suspeitos.

De acordo com a PF, em uma das publicações, os suspeitos apoiaram o massacre em uma escola em Realengo, no Rio de Janeiro, em 7 de abril de 2011, no qual 12 estudantes foram assassinados.

Comments are closed.