Contra corte de verbas, professores e estudantes universitários marcham amanhã em Curitiba

Estudantes e professores de instituições de ensino superior públicas do Paraná prometem marchar nesta quarta-feira (7), no Centro Cívico, em Curitiba, contra o corte de verbas imposto pelo Governo do Estado.

Caravanas estão sendo organizadas no interior do estado para o protesto de amanhã em frente o Palácio Iguaçu, sede do executivo estadual.

Segundo os organizadores da manifestação, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) sofreu o corte das verbas de custeio para manutenção do Ensino, da Pesquisa e da Extensão chega a 50%, atingindo um montante de R$ 3,1 milhões.

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) teve corte de 74,4% nas verbas, considerado o maior dentre todas.

As verbas de custeio das universidades são utilizadas para despesas que vão desde materiais de consumo (material de limpeza, reagentes para os laboratórios, material de expediente etc.) até o pagamento dos estagiários e alunos bolsistas de projetos de pesquisa e extensão.

Além das reivindicações do movimento estudantil, os docentes estarão reivindicando a reabertura das negociações para o reajuste salarial de 31,73%, decorrente do plano de carreira.

1 Comentário

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Todos vem para Cu ritiba para conhecer o cheque de gestão.Mais da metade da população votou no Beth Richa, inclusive eles, agora vão chorar com a Geni.