“Centralismo democrático” no PSDB: João do Suco escolhido para disputar a Câmara de Curitiba

Ducci e Richa acompanham com atenção a eleição na Câmara.
Até o PCdoB já acha démodé o tal “centralismo democrático”, uma invenção de Lênin, mas os tucanos descobriram essa “novidade” na noite desta quinta-feira (15) ao empurrar goela abaixo o vereador João do Suco, líder do governo, como candidato único do ninho à  presidência da Câmara de Curitiba.

Na próxima segunda-feira, dia 19, haverá eleição para a escolha do novo presidente da Casa. O PSDB curitibano não quer dar sorte ao azar, por isso fechou questão em torno do “Homem do Suco”.

Outros nomes se assanhavam para tentar ocupar o cargo que pertencia a João Cláudio Derosso até o início desta semana. No entanto, a decisão unânime do diretório tucano colocou uma pá de cal nas pretensões desses bicudos.

Além do “centralismo democrático” no ninho tucano — Professor Galdino também sonhava com a presidência da Câmara –, o PSDB quer que a base aliada também se defina ou não pelo João do Suco.

O prefeito Luciano Ducci (PSB) e o governador Beto Richa (PSDB) já emitiram sinais para que a raia miúda na Câmara obedeça à  sua orientação.

Quanto ao Derosso, a novidade é que o senador Alvaro Dias e o presidente da Assembleia e do PSDB estadual, Valdir Rossoni, se uniram e deram a linha política: “decapitação”. OU seja, o ex-presidente da Câmara poderá ficar sem a legenda para disputar um novo mandato de vereador.

Comments are closed.