Cadê os negros de Curitiba?

Compartilhe agora

Costumo correr nos parques centrais de Curitiba. Às vezes, por horas a fio, não avisto sequer um único negro ou negra nesses espaços públicos.

Hoje, me deparei com esse vídeo-reportagem (abaixo) que garante ser a capital paranaense a cidade mais negra do Sul do país. Fiquei curioso. Onde estão os negros de Curitiba se não os vejo por aí?

O Centro Cultural Humaitá diz, citando o IBGE, que a população afrodescendente curitibana é de 23,4%. Quase um quarto.

Curitiba é cidade mais negra do Sul do país, diz reportagem.

Reportagem realizada pelos acadêmicos de jornalismo Juliana Cordeiro, Dicélia Queiroz e Juliano Gondim.

O objetivo da reportagem é mostrar que, ao contrário do que muitas pessoas acham, Curitiba também tem muitos negros, mas que infelizmente existe o problema da invisibilidade deste povo e da sua cultura devido a imagem da cidade estar relacionada à  cultura europeia.

As imagens da matéria foram feitas durante a comemoração do Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes. As manifestações que muito se parecem com as que corriqueiramente se vê na Bahia, foram feitas no Largo da Ordem, Praça Tiradentes e outros espaços da cidade.

O vídeo e o texto são de Juliana Cordeiro.

Comments are closed.