MP recomenda demissão de 330 comissionados na Câmara de Curitiba

Plenário da Câmara Municipal de Curitiba (Daniel Castellano/GP).
O Ministério Público do Paraná (MP) recomendou à  Câmara Municipal de Curitiba a exoneração de 330 servidores comissionados.

A Casa tem 550 funcionários comissionados e 220 concursados. A recomendação atende a uma determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), que exige o equilíbrio entre comissionados e concursados.

Com isso, a Câmara tem 90 dias para adequar o quadro de servidores.

As Câmaras de Ponta Grossa, Apucarana e Maringá também foram notificadas pelo MP para reduzir o número de funcionários de confiança.

Em ano eleitoral, a perda de funcionários pode virar um transtorno para vários vereadores que tentarão a reeleição.

Comments are closed.