Por Esmael Morais

Esquema Gafanhoto: Carlos Simões promete “dar com a língua nos dentes”

Publicado em 07/02/2012

Carlos Simões.

O ex-deputado estadual Carlos Simões (PR), que esteve preso na semana passada por causa de seu envolvimento no Esquema Gafanhoto, promete dar com a língua nos dentes! hoje, à s 15 horas, em entrevista que concederá à  imprensa na Assembleia Legislativa do Paraná.

Numa primeira entrevista concedida à  RPC TV no último domingo, o ex-parlamentar havia envolvido diretamente no imbróglio o ex-presidente da Assembleia, Hermas Brandão, hoje conselheiro do Tribunal de Contas, e o ex-primeiro-secretário Valdir Rossoni (PSDB), atual presidente da Casa que se intitula paladino da moralidade!.

Nos meios políticos, a expectativa é que Carlos Simões arraste para o olho do furacão outros importantes nomes do Centro Cívico. Ao longo da semana ele repetia uma pergunta como se fosse um mantra: “Por que só eu [que fui preso]?”.

Simões é um dos 73 investigados pelo Ministério Público Federal (MPF) por suposto desvio de recursos da Assembleia Legislativa do Paraná. No rol dos denunciados também há deputados, assessores, outros ex-deputados e ex-assessores.

O Esquema Gafanhoto consistia numa prática de desvio de dinheiro público através de contas fantasmas utilizando funcionários laranjas!. O período investigado compreende 2001-2004.

O MPF investiga a parte criminal dos delitos e o Ministério Público Estadual era para investigar a parte da improbidade administrativa, mas deixou a acusação prescrever. Ou seja, todos os 73 arrolados estarão livres para disputar as eleições de 2012 e dispensados de ressarcir o erário, por exemplo, se houver condenação.