Blog do Esmael

A política como ela é em tempo real.

11 de fevereiro de 2012
por esmael
1 Comentário

Lula é internado em hospital de São Paulo após mal-estar

da Folha.com

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi internado na tarde este sábado (11) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, segundo informou sua assessoria.

Lula passou mal e deu entrada no local para a realização de exames. Ele não está se alimentando bem e tem sinais de fraqueza. Ele trata um câncer de laringe, diagnosticado em outubro.

Nos últimos dias, o efeito da radioterapia tem impedido o petista de ir ao seu escritório no Instituto Lula, que fica no bairro do Ipiranga (zona sul de SP). A última sessão do tratamento está prevista para o dia 17.

11 de fevereiro de 2012
por esmael
26 Comentários

Veja essa: Bispo diz que nova ministra é ‘mal-amada’

via Agência Estado

D. José Benedito Simão.

D. José Benedito Simão.

O bispo de Assis (SP), d. José Benedito Simão, presidente da Comissão pela Vida da regional Sul 1 (Estado de São Paulo) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), disse ontem ao Grupo Estado que a nova ministra da Secretaria de Política para as Mulheres, Eleonora Menicucci, “é uma pessoa infeliz, mal-amada e irresponsável”, que “adotou uma postura contra o povo e em favor da morte” ao defender o aborto em declarações dadas à  imprensa. Informada, a ministra não quis comentar as críticas feitas pelo bispo. Leia mais

11 de fevereiro de 2012
por esmael
10 Comentários

Cientista político diz que Ducci “já perdeu o funcionalismo” para a campanha de 2012

Professor Ricardo Oliveira. Foto: Rodolfo Bà¼hrer/Gazeta do Povo.

O funcionalismo público municipal de Curitiba está em pé de guerra com o prefeito Luciano Ducci (PSB). Cerca de 34 mil servidores cobram reajuste salarial, redução de jornada e melhores condições de trabalho. Essas bandeiras vêm sendo agitadas pelos sindicatos há mais um ano, tempo suficiente para gerar desgaste político na imagem de qualquer cristão. Leia mais

11 de fevereiro de 2012
por esmael
2 Comentários

A nova obsessão da Fiep: industrializar o interior do Paraná

* Campagnolo busca R$ 600 milhões para um banco de projetos

por Juliet Manfrin, via O Paraná

Um Fundo Rotativo de Projetos de Infraestrutura e Logística. à‰ isso que o G8, grupo composto pelas oito maiores Federações e Organizações do Paraná vai criar nos próximos meses. Nele serão depositados recursos vindos da iniciativa pública e privada com um único objetivo. Elaborar projetos para infraestrutura e logística.

Essa decisão foi tomada pelo grupo depois que seus integrantes estiveram no fim de 2011 em Brasília com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e foram informados que havia recursos disponíveis para duplicação das rodovias do Paraná, melhorias no porto e em outros setores e esse dinheiro ficou emperrado na capital federal porque não existiam projetos.

Temos um sério problema em infraestrutura e sabemos que a industrialização do interior não ocorre da forma como esperamos por esse motivo!, comentou o presidente da Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), Edson Luiz Campagnolo.

O assunto foi o principal na pauta da reunião realizada ontem pela manhã no parque tecnológico do Show Rural. Além de Campagnolo participaram o presidente da Faciap (Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná), Rainer Zielasko, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/Paraná, Jefferson Nogarolli, o presidente da Coopavel, Dilvo Gr

11 de fevereiro de 2012
por esmael
7 Comentários

No Paraná, Coronel da PM diz que não descarta greve

via portal Bem Paraná

Greve da Polícia Militar da Bahia. Deflagração de greve no Rio de Janeiro. Perspectivas de paralisação em Pernambuco. O governo Federal teme um efeito dominó nos demais estados do País. No Paraná, o coronel Elizeu Ferraz Furquim, da AMAI (Associação de Defesa dos Direitos dos Policiais Militares), diz ser contra a greve, mas admite que não a descarta.

Em entrevista à  rádio Banda B, Furquim afirmou que os policiais estão com as negociações paradas e já fazem manifestações veladas. Ele vê a greve como o último recurso que um cidadão tem para se defender e que fará de tudo para evitá-la. Mas ele admite que o retrocesso das negociações com o governo pode dificultar.

Eles (governo) ofereceram o subsídio. Mas nós temos outras questões que devem ser acabadas antes desse subsídio, em termos de remuneração, em termos de implementação dos cursos superiores, e isso não está acontecendo!, revelou.

No início da semana, o governador Beto Richa (PSDB) falou que o governo vai se esforçar para resolver a situação, mas admite uma possível reação dos policiais. “Receio sempre há, não seria hipócrita de não reconhecer que estamos sujeitos a qualquer momento a uma greve maior, mas todo o esforço do governo para evitar