Copel tira internet dos pobres para dar aos mais ricos

Apartamentos luxuosos de Caiobá tem internet paga pelos pobres na conta de luz.

O governo do Paraná é uma espécie de Robin Hood à s avessas. Tira dos pobres para dar aos mais ricos. Veja se eu não tenho razão, caro leitor.

A Companhia Paranaense de Energia, a Copel, cujo controle acionário majoritário é do governo do Paraná, resolveu abrir o sinal da internet banda larga na praia de Caiobá, em Matinhos.

Até aí tudo bem, se não fosse um detalhe intrigante: somente quem possui apartamento a 150 metros da orla tem acesso à  internet estatal grátis!, ou seja, somente aqueles que têm apartamentos luxuosos na casa dos milhões de reais podem usufruir o benefício.

Você, caro leitor, acha mesmo que a internet é grátis! como diz a propaganda do PSDB? Não existe almoço de graça! A Copel é uma empresa mista que visa o lucro, logo todos os seus serviços são cobrados pelo preço de mercado. Portanto, alguém paga a conta.

A plebe rude que mora mais distante das areias — embora pague a conta — não tem a mesma sorte dos bacanas que ficam acessando a internet do alto das sacadas dos luxuosos apartamentos de Caiobá.

Os demais veranistas das praias de Leste, Ipanema, Pontal do Paraná, dentre outras, mal sabem o que é sinal de telefone celular quanto mais de internet. Essas localidades foram esquecidas pelo atual governo tucano.

Alguns municípios do interior paranaense também nunca experimentaram sinal da telefonia celular ou conexão de internet um pouco mais veloz que a discada.

Resumo da ópera: Somos nós consumidores que estamos pagando na fatura da Copel o conforto dos ricos em Caiobá. O governo Paraná tem como prioridade governar para os mais abastados e endinheirados. à‰ isso. Está surpreso?

26 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Enquanto isso, as pequenas cidades paranaenses do interior do estado continuam com um sistema podre de Internet, pagando caro por um péssima Internet. Copel, por que não vem pro interior do Paraná? Temos que conviver com as porcarias dessas via rádios ou a imundície da Oi Velox porque não vem um plano de Internet bom por aqui, aff.

  2. Pobre não deveria ir a Caiobá. Pago uma fortuna em IPTU e sou obrigado a conviver com “farofeiros e idiotas com som alto. Pobre tem que tomar sol na laje

  3. A Copel é uma empresa capitalista. O seu interesse é lucro.
    O maior acionista é o governo do Paraná.
    Os beneficiários sempre serão os associados aos acionistas.
    O tratamento e os benefícios dos próprios funcionários é bem diferenciado entre eles conforme o cargo e a influência. Se alguém influente tivesse casa em outro lugar fora da orla, o wifi iria para lá. Devemos como povo morto que somos agradecer pelas migalhas que caem até nós.

  4. Por que vocês não se preocupam com coisas importantes?
    Tão reclamando por causa de wi-fi? Vão se tratar seus dementes!
    Reclamar que tem gente sem energia em pleno ano de 2013 ninguem reclama. Reclamar do custo da energia que ao contrario da banda larga só aumenta ninguém reclama…
    A copel fez o projeto verão e ja acabou. Tem coisas muito mais importantes que internet antes de vocês sairem bradando sua ignorância. A cidade mal tem hospital e vcs ai de trololó feito idiotas reclamando que o pobre não tem direito à circo… BRASIL

  5. Larga mão de ser imbecil moralista. Apesar de ser nada mais que uma estratégia de marketing da copel, o estímulo a novas tecnologias gera maior competitividade e naturalmente torna obsoleto mais rápido tecnologias antigas e, é claro, barateiam e tornam-se acessíveis a todos.

    O povo brasileiro não se desenvolve pq a mentalidade é que quando um ganha, outro precisa perder, é a relação histórica que conhecemos, de exploração. A mentalidade precisa mudar no conceito de COMO ganhar, sem que outros percam, um ganha-ganha. As novas gerações estão aprendendo a fazer as coisas dessa forma é a geração Y nos traz essa esperança. Respeito aos mais velhos, mas a renovação é precisa.

  6. nao moro na praia e sim em ctba, hoje fui ate caioba e usei o wifi da copel!!!!

  7. A bem da verdade o sinal só pega na areia, onde todos podem se beneficiar dele. Não há que se falar em pobres ou ricos, basta ver a praia mansa em Caiobá, onde democraticamente todas as classes de banhistas convivem na areia. Achei a inciativa ótima e gostaría que a COPEL mantivesse as antenas para o ano todo, incetivando as pessoas a passarem mais tempo nas nossas praias, criando um vinculo com o nosso litoral tão pouco movimentado fora do verão. Já temos a UFPR do Litoral e muitos estudantes dela poderão se beneficiar deste sinal.
    Foi muito bacana ver os banhistas curtindo o por do sol na orla e usando seus celulares para ficarem conectados.

  8. Prezado Esmael,

    Veja a reportagem:

    http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,nao-basta-ser-praia-e-preciso-ter-wi-fi,819831,0.htm

    Reclamar de Internet na beira da praia é coisa de pobre…

    Podre de Espirito…..

    [Aposto que você usou 😉 ]

  9. …APESAR DE CONDIÇÕES ADVERSAS(POLITIQUEIRAS DO CONTRA SEMPRE),CONTINUAREMOS AMOSTRANDO PROGRESSOS NA TRANSFORMAÇÃO DO NOVO PARANÁ E SUAS COLIGADAS PÚBLICAS,O GOVERNO DO BETO RICHA ESTARÁ FOCADO TOTALMENTE NESTA TAREFA SOMENTE!!!

    COMO ENGENHEIRO DE TELECOMUNICAÇÕES,SUGIRO A VOCE “ILUSTRE E NOBRE COLEGA” SE INFORMAR MELHOR SOBRE A CONCEPÇÃO DESTE PROJETO_INTERNET NA PRAIA E SE SUA CAPACIDADE PERMITIR, COMENTAR DE FORMA EMBASADA E NÃO POPULISTA E DETURPADORA.

    ENG.MARCUS HARUNARI DE ALMEIDA.

  10. Ou, Ou, Ou, ainda bem bem que o Esmael voltou.

  11. Esmael, vejo que os acessores do Betocóptero estão ligadões no blog, acho que sentiram a sua falta.
    Concordo plenamente com o post, esse governo é mesmo elitista. Se o sinal da internet só pega na orla, é claro que beneficia somente os bacanas endinheirados…O resto é papo para boi dormir…

  12. Pra quê internet ? em Pontal do Paraná não tem nem ruas com acesso decente!!
    Só o prefeito é que não sabe disso.

  13. Que beleza..é internet para os ricos, avioes para o governador… e eu trouxa pago na conta de luz. Deve ser o tal choque de gestão, sei lá. Até o fim deste governo a Copel será vendida a preço de banana. Esse time já tentou lá atras.

  14. o governo do beto lerner é assim.

  15. Primeiro, parabéns pela matéria.
    Dentro da minha casa aqui em Curitiba se eu acesso a Internet eu pago, já em frente ao mar em Caiobá e adjacências fica na faixa para os bacanas.
    É uma boa desculpa para privatizar a COPEL, é uma maneira de sucatear a imagem da empresa, depois é só doar, digo vender.

  16. Pobre paga a conta??? E quem foi que te disse que pobre paga conta de luz aqui no Paraná. Você ouviu falar da tal da luz fraterna? Pobre não paga conta de luz, e quem é será que está pagando? Não vamos deixar esse sensacionalista pregar essas bobagens gente. Abre o olho meu caro.

  17. Poderiam oferecer serviço semelhante em Curitiba. Concordo que restringir o serviço a determinados locais é privilegiar alguns…

  18. Que materia de quinta categoria! Como pessoas populistas sao escrotas! A internet nao esta disponivel para os apartamentos luxuosos de caioba. A Internet está disponivel para os veranistas que vao a praia. Essa é a idéia. Não existe como bloquear o sinal a 50 metros da praia. Se o governo teve a brilhante ideia de oferecer internet a quem vai a praia, excelente.

    Isso não é só para caioba mas para grande parte da orla do estado (guaratuba, matinhos, praia de leste e caioba). Ou seja, além de vc nao ter pesquisado antes de escrever um absurdo desses, é um populista sem noção, tentando convencer os mais burros, e nao os mais pobres, de que a internet na orla só beneficia os mais ricos. Ao invés de reconhecer e incentivar iniciativas boas, tem que arranjar algum problema para o qual nao existe solução para criticar e estar descontente.

    É por causa de pessoas como você que o país nao vai pra frente. Como dizia o velho ditado: “Não existe nada pior do que um idiota com pró atividade”. Este é seu caso, seu infeliz.

    • Realmente, tem uma “galera” com notebook nas areias… Só a Copel e o governo tucano para terem essa brilhante ideia… Francamente. Agora a realidade: somente a turma com apartamento em frente ao mar de Caiobá está conectando a internet paga por todos os paranaenses. Vou desenhar para a questão ficar mais compreensiva. O que se reivindica é o seguinte: serviço universalizado. O resto é conversa fiada. A Copel e o governo do Paraná fazem cortesia para os bacanas com o chapéu alheio, ou seja, com o nosso dinheiro.

      • Pô Esmael, a oposição tem que ser inteligente … esse seu post está muito fraco.

        Ninguém mais leva notebook p/ praia mesmo … o acesso é feito por celulares ou tablets. E na minha opinião um sinal aberto de Internet é sim um serviço universalizado. Basta qualquer pessoa ir até a orla e conectar seu celular para ter acesso a Internet … qualquer pessoa.

    • Ou Juliano, na praia de Caioba, o Mar não ta pra farofeiro, ta mais para a elite
      Curitibana, e de algumas cidades do interior, muitos dos quais, vivem de pai
      para filhos mamando nos fartos recursos publicos, salvando-se poucas exessões, releia a materia altes de chegar a borduna no Esmael.

    • Ola a todos! Cai nessa post de paraquedas tava procurando por outros assuntos. nem ia responder essa matéria mas quando vi que nosso amigo Juliano de Andrade por sinal deve ser parente pois também sou Andrade!
      Foi extremamente estupido e ignorante pois quis criticar o autor dessa postagem e falo uma coisa de informatica que por sinal ele também não deve entender bufunfas nenhuma pois se estuda-se saberia que uma da coisa mais simples que tem na computação é a parte de rede e restringir o tamanho da onda é muito simples só basta querer. Mas não é o mérito da questão discutir o que ele sabe o que eu sei o que nos sabemos só acho que em nenhum ponto as pessoas pode se sentir no direito de ofender os outros só porque acham que são o dono da verdade. Todos nos temos o direito de se expressar pois somos livres, mas livre entre “” pois se passarmos o espaço do vizinhos pagamos por isso é sobre o assunto da copel acho que é bom, você oferecer internet a todos grátis, isso quando a gente chegar a perto de países desenvolvidos onde a internet de 100mbs custa $15,00.

  19. Vamos ver o lado bom da coisa: pelo menos os bacanas de Caiobá leem na internet “de graça” do PriVATIcha o Blog do Esmael abalando emocionalmente o piloto-500-milhas-de-Londrina.

  20. Bem vindo ao front! É, esperar o quê de Cazalberto e Fernanda Rica (sem H)?

  21. O famoso Mimimi. Pq tem ponto de Wifi em Matinhos, Guaratuba, Pontal do Paraná e Praia de Leste.
    Acabou o dinheiro da Copel via Iarinha e vc se descontrola?