Servidores da saúde em greve protestam em frente a casa de Ducci

Manifestantes estão 'atazanando' os vizinhos do prefeito Luciano Ducci.

Servidores municipais em greve estão na frente da residência do prefeito Luciano Ducci (PSB), no bairro Batel. Eles fazem um barulho danado nas imediações com cornetas e carro de som.

Grevistas da saúde comem uma 'quentinha' nas calçadas do chique Batel.

As fotos são de André Rodrigues.

14 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. Bolsa da Puma? Que greve burguesa!

  2. Dona Carmina, só para a senhora entender segundo o wikipedia o significado de vagabundo: “No Brasil, vagabundo é sobretudo um insulto que significa uma pessoa adulta que não trabalha, não gosta ou se recusa a ter um ofício ou executar qualquer outra atividade, um vadio”. Então para que a senhora entenda que se estamos em greve é porque temos trabalho sim, o que queremos é qualidade de vida e igualdade entre as classes profissionais.
    Boa noite

  3. Não foram convidados a entrar? Que falta de consideração PREFEITO. Nem um cafezinho?????? QUE FEIO.

  4. vc chama de casa, uma mansão vertical que custou 10milhões de reais, só para se ter uma idéia, cada porta custou 10 mil reais, pois o apartamento era de um traficante mexicano, lembra? bem aquele. o prefeito prosperou sai de apartamentinho ali do cabral para uma mansão. como ganhando 20 mil por mês.

    • Tortato… sinto informar, mas o prefeito ganha R$ 26.000,00 “apenas”!!! Ganha num mês o que um premiado servidor da saúde de Curitiba leva para ganhar em 17 meses de salário base (excluidos médicos e dentistas)!!!

  5. Deve ser rico de família porque com o salário de prefeito não dá para morar aí.

  6. para o salario dos servidores é aquela briga para conseguirmos um misero
    reajuste, bem como as 30 horas para todos os funcionários da saude, mas
    o salario dos vereadores se reajusta na calada da noite a toque de caixa
    com a conivencia do prefeito.

    da fruta que eles gostam, comemos até o coroço.

  7. Este é o preço de ter tão ilustre e pouco famoso vizinho. Como dizia o Vicente Matheus: “Quem está na chuva é pra se queimar”, deu uma de mígue agora quenta!

  8. Bando de vagabundos. Queria ver eles na iniciativa privada.

    • A Constituição Federal, em seu artigo 9º e a Lei nº 7.783/89 asseguram o direito de greve a todo trabalhador, se fossem vagabundos, como a Sra. educadamente grasna, a paralisação já deveria ter sido considerada ilegal.Agora quanto a ter que ver eles na iniciativa privada é muito relativo ao que a Sra. entende quando a “lei é para todos”.

    • ESTUDA MAIS E FAZ UM CONCURSO PUBLICO!!
      VEM PASSAR UM DIA COMIGO NA UNIDADE DE SAUDE PRA VER QUEM É VAGABUNDO!!

    • Para você Carmina Menins…
      Você está chamando de vagabundos os servidores que fazem de Curitiba a melhor saúde pública do Brasil por muitos anos já!!!
      Todos que estão ali têm ou nível superior ou curso técnico… foram aprovados em concursos públicos e têm seus direitos garantidos por lei!!! Inclusive o direito a greve!!! E você, passou algum dia em algum concurso público??? Ou não tem capacidade para isso??? Eu sou formado em farmácia e bioquímica pela UFPR, tenho pós-graduação pela mesma Universidade, sou concursado há 10 anos e trabalho no maior e melhor laboratório público de análises clínicas da America Latina!!! E você, quem é??? Ou melhor, o que é???
      Graças ao meu trabalho, e creio que um vagabundo não o faria, fui morar fora do Brasil, e foi onde aprendi a lutar pelo meus direitos. Você é tão ignorante que deve achar que em Paris só tem futilidades para pessoas fúteis como você… ignora o fato de que o partido dos trabalhadores da França é o maior exemplo de luta pelo direito de classe da Europa, e o faz com protestos e greves!!! Logo, minha cara, dobre sua língua antes de me chamar de vagabundo!!! Veja a vida de um local que não a varanda de sua mansão…

    • Carmina, se você discorda da greve, tudo bem. Mas você não tem o direito de ofender os grevistas. Faço questão de te lembrar que ofender funcionários públicos é crime. Não sou funcionário público, e ficaria muito feliz se os trabalhadores da iniciativa privada tivessem a mesma união que os servidores públicos, para lutar por seus direitos, ao invés de se contentar em ganhar uma merreca e se achar o máximo por isso.

    • Conheço essa mumia, é uma véia pré-histórica com a cara entupida de botox e com vários badulaques pindurado pescoço repuxado por “n” plásticas.

      Iria detoná-la mais… mas o nobre Eduardo já escreveu tudo.