Renata Bueno vira ré! na CPI do Derosso

* Vereadora vê “curtina de fumaça” para blindar tucano

Vereadora Renata Bueno.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), criada na Câmara Municipal de Curitiba para investigar irregularidades em contratos de publicidade na gestão do presidente licenciado João Cláudio Derosso (PSDB), decidiu ontem convocar a vereadora Renata Bueno (PPS) para depor acerca de declarações que ela deu à  imprensa dando conta da existência da máfia do Derosso! no legislativo.

Para a vereadora do PPS, a convocação dela é mais uma tentativa de os colegas criarem uma “cortina de fumaça” em defesa de Derosso.

Querem desviar o foco. A CPI não está cumprindo o papel que deveria cumprir, pois ela tem mais força que o próprio Ministério Público. Por que até agora não quebrou nenhum sigilo bancário, fiscal ou telefônico?!, questiona.

Renata disse que ainda não recebeu nenhuma convocação, mas, se dispõe a prestar esclarecimentos desde que não seja uma artimanha para blindar ainda mais Derosso!. Vou analisar porque não participarei de um teatro, de uma palhaça!, avisou.

O vereador Pedro Paulo (PT) acha importante que a colega do PPS preste depoimento.

Se a CPI investiga irregularidades envolvendo Derosso e ela diz que há uma “máfia”, queremos que ela nos dê esses elementos para que possamos aprofundar essas investigações!, defendeu o petista.

Renata Bueno confirmou ao blog que o PPS se debruçou nos últimos dias em cima de documentos e notas fiscais relativos aos contratos de publicidade da Câmara. Segundo ela, muitos vereadores receberam dinheiro durante o período investigado.

O partido ainda está estudando esses e outros materiais. Se eu for convocada pela CPI e puder ajudar, com certeza ajudarei!, garantiu, mas reafirmou a ressalva: Desde que não seja uma ‘cortina de fumaça’ para proteger Derosso!.

Comentários encerrados.