Pimentel está ‘acima de qualquer suspeita’, diz Falcão

da Agência Estado

Rui Falcão (PT).

O presidente nacional do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP), saiu hoje em defesa do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel. “Acho que, pela sua história de vida e pela sua conduta pública, o ministro Pimentel está acima de qualquer suspeita”, afirmou Falcão, que participou nesta manhã na capital paulista de uma reunião da diretoria da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Para o presidente do PT, “não há nenhuma razão para o ministro sob suspeita”. “Considero que as explicações que ele já deu são não só satisfatórias como irretorquíveis, são definitivas e muito claras”, enfatizou. Embora tenha admitido que Pimentel ainda possa ser convocado para dar explicações no Congresso Nacional, Falcão acredita que não há motivos para submeter o ministro ao questionamento dos parlamentares. “Não vejo razões para maiores explicações”, afirmou.

Falcão ressaltou que a presidente Dilma Rousseff, ao iniciar o governo, prometeu conduzir uma gestão marcada pela conduta “límpida e transparente”. De acordo com o dirigente petista, essa “conduta” vem se acentuando desde o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por meio da atuação da Controladoria-Geral da União (CGU), dos portais de transparência do governo e do reaparelhamento da Receita e da Polícia Federal. “Hoje os mecanismos de controle são ultrarrigorosos”, disse.

Falcão lembrou que, nos casos de denúncias contra ministros, a presidente Dilma trabalha sempre com a presunção de inocência, mas ainda assim não deixa de agir nos casos extremos. “Uma vez comprovado o malfeito, ou a pessoa se afasta ou é afastada, como aconteceu com o ministro Lupi (Carlos Lupi, ex-ministro do Trabalho e Emprego), para que não se converta em desgaste político”, comentou.

Ao ser questionado sobre o número de ministros que deixaram o governo por denúncias de irregularidades, Falcão não perdeu a oportunidade de alfinetar o governo do PSDB. “Sugiro que vocês computem quantos ministros passaram pelo governo Fernando Henrique Cardoso. Acho que a nossa média está menor do que a dele”, ironizou.

Ministério do Trabalho – O presidente do PT voltou a criticar o aparelhamento do Ministério do Trabalho e Emprego, até então sob o comando do pedetista Carlos Lupi. “Acho que o ministério tem de ter uma política de isenção em relação à s centrais sindicais. Não deve ser nem aparelho da Força Sindical, como era antes, nem estou defendendo que seja da CUT também”, afirmou.

5 Comentários

Os comentários não representam a opinião do Blog do Esmael; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

  1. “VALE A PENA VER DE NOVO”
    Falcãozinho, será que esta novela vc já nao viu?
    Mas pelo jeito vamos ter que esperar agora a PF, o TCU, o MP e a CGE apurar primeiro para depois o governo agir. E aí todos terem que admitir que onde havia fumaça, descobriu-se fogo.
    Assim foi no caso Palocci .. até chegar ao Lupi. Como disse o “abestado”: Ninguem está acima de qualquer suspeita. Nem Falcão, nem Gavião!

    A único lado bom disto tudo, é que aos poucos a Dilma está “depurando” o governo e montando o SEU GOVERNO, menos populista, menos falastrão … mais técnico, mais comprometido, mais ideológico.

  2. os cutitibanos são cegos ,pois não veem corrupção do psdb,nipotismo.chama o pt de petralia.mas onde esta o maior desreipeitoao povo?

  3. Os PTralhas são um poço de honestidade e de honradez….

  4. Ora ora Sr Rui Falcão, NO BRASIL, NINGUÉM, MAS NINGUÉM, ESTÁ ACIMA DE QUALQUER SUSPEITA. Pode ser que ele não deva, ai é outra história.